Rádios On-line
CRUELDADE

Morador reclama de violência com animais de rua em Três Lagoas

“Enquanto eu alimento, outros matam", diz morador

14 MAI 2021 - 17h:20Por Daiana Oliveira

Um morador procurou a equipe de reportagem do Jpnews para reclamar sobre a morte de animais de rua. Segundo ele, é frequente ele encontrar em frente ao seu estabelecimento comercial, gatos ou cachorros mortos.

Kenomar Vieira tem o hábito de alimentar animais que ficam nas ruas, porém, por diversas vezes, animais são encontrados mortos com suspeita de envenenamento.

“Enquanto eu alimento, outros matam. Eu repudio este tipo de situação. Além do mau cheiro, a violência é inacreditável”, diz Kenomar.

A Lei nº nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1998, em seu artigo 32, trata da violência e penalidade para este tipo de crime.

Segundo a Lei: Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

§ 1º-A- Quando se tratar de cão ou gato, a pena para as condutas descritas no caput deste artigo será de reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, multa e proibição da guarda

Confira a reportagem:

Deixe seu Comentário