Rádios On-line
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
LUTO

Morre em SP o jurista e deputado federal Luiz Flávio Gomes

Difusor do ensino jurídico foi diagnosticado com leucemia em setembro de 2019

1 ABR 2020 - 09h:35Por Valdecir Cremon

Morreu nesta quarta-feira (1º) o jurista, professor e deputado federal Luiz Flávio Gomes, de 62 anos. Ele estava afastado das atividades da Câmara dos Deputados desde em setembro do ano passado, depois de ter sido diagnosticado com leucemia aguda.

A informação foi divulgada pelo Hospital Sírio-Libanês, da capital paulista, onde o parlamentar estava internado.

Segundo nota emitida pela família, Luiz Flávio passou por transplante de medula em janeiro deste ano, mas teve piora no quadro de saúde, em março.

O jurista foi fundador da LFG, uma rede de escolas de Direito que teve filial em Três Lagoas entre 2016 e 2018, já sob controle das faculdades Anhangüera.

O presidente da OAB de Três Lagoas, Gustavo Gottardi Filho, manifestou pesar. “Uma pena! LFG foi o grande responsável pela disseminação do ensino jurídico no Brasil!”, disse por meio de um aplicativo de celular.

Em 2018, Luiz Flávio deu palestra sobre ética em Três Lagoas. Também deu entrevista à TVC. Veja.


 

CURRÍCULO

Luiz Flávio Gomes nasceu em 6 de maio de 1957, em Sud Menucci (SP), se formou pela Faculdade de Direito de Araçatuba, em 1979; tornou-se mestre em Direito Penal pela Universidade de São Paulo em 1989 e doutor em direito penal pela Universidade Complutense, de Madri (Espanha), em 2001.

Foi professor de direito penal e processo penal em vários cursos de pós-graduação, dentre eles a Facultad de Derecho de la Universidad Austral em Buenos Aires (Argentina), e Unisul, de Santa Catarina. Foi professor honorário da Faculdade de Direito da Universidad Católica de Santa María, em Arequipa (Peru).

Também foi policial civil, delegado de polícia em 1980, promotor de Justiça em São Paulo (SP), de 1980 a 1983, juiz de Direito na capital paulista, de 1983 a 1998, e advogado de 1999 a 2001.

Também atuou como individual expert observer do 10º Congresso da ONU, realizado em Viena (Áustria), de 10 a 17 de abril de 2000; membro e consultor da delegação brasileira no 10º período de sessões da Comissão de Prevenção do Crime e Justiça Penal da ONU, em 2001, e secretário geral do Instituto Panamericano de Política Criminal.

Na área política, exerceu o cargo desde 1° de fevereiro de 2019 e criou o movimento de combate a corrupção, “Quero um Brasil Ético”.

Luiz Flávio Gomes propôs uma alteração do Estatuto da Advocacia (lei 8.906/94) para impedir que o advogado público seja responsabilizado criminalmente quando o gestor público descumprir decisão judicial.

Atualmente a proposta aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados.

Deixe seu Comentário

setpar mobile

TVC Canal 13