Rádios On-line
11349
Nova Estrela 0603
RUAS VIOLENTAS

Mortes no trânsito superam crimes violentos em 2019

Mortes em acidentes superam até as que criminosos puxam o gatilho

16 JUN 2019 - 11h:30Por Kelly Martins

Enquanto o Senado Federal discute sobre o “polêmico” decreto armamentista do presidente Jair Bolsonaro sobre posse e porte de armas de fogo, são as mortes no trânsito que mais chamam a atenção da população, em Três Lagoas. Somente neste semestre, nove pessoas perderam a vida em ruas e avenidas da cidade, ultrapassando o índice dos dois anos anteriores (6 e 7).

As fatalidades no trânsito três-lagoense em 2019 superam as mortes por crimes violentos registrados pela Polícia Militar, no município, segundo estatística do Departamento Municipal de Trânsito. 

Somente neste semestre, ocorreram quatro homicídios - menos da metade de mortes decorrentes de acidentes em vias públicas. 

Em dois casos, as pessoas foram assassinadas com arma de fogo. 

IMPRUDÊNCIAS
A morte do motociclista Genivaldo Moura,  atropelado por uma carreta, dia 12 de junho, na avenida Capitão Olyntho Mancini, é o caso mais recente. O analista de recursos humanos estava com o filho de 12 anos, na garupa da moto. A criança sobreviveu.

O levantamento do setor de trânsito revela ainda, que  sete das nove pessoas que perderam a vida em acidentes na cidade, têm relação com motos. Seis conduziam  tais veículos e uma vítima foi atropelada.

 

Arte/Danielle Leduc

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ASSISTA

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13