Rádios On-line
11588
Daterra

Motorista perde controle e invade muro de residência

Acidente foi registrado por volta das 10h, ninguém ficou ferido

22 SET 2012 - 12h:23Por Ana Cristina Santos

Na manhã desse sábado, um acidente de trânsito envolvendo dois veículos resultou na invasão do muro de uma residência, localizada no cruzamento da avenida Antônio Trajano dos Santos com a rua Hamílcar Congro Bastos, no bairro Santo André, em Três Lagoas. O acidente foi registrado por volta das 10h, ninguém ficou ferido.

O construtor Elielson Ventura, de 35 anos, conduzia um gol com placa CBQ-9548, de Três Lagoas, pela rua Hamílcar Congro Bastos, no sentido Vila Nova/ Santo André, quando não respeitou a preferencial e colidiu em um veículo Siena, com placas EUT-2254, de São Paulo, conduzido pelo motorista, Reginaldo Almeida de Andrade, de 30 anos, que trafegava pela Antônio Trajano.

Reginaldo retornava do canteiro de obras da empresa Eldorado com mais três pessoas. Ele disse que conduzia o Siena dentro da velocidade permitida, porém, quando percebeu o Gol já estava em sua frente. “Não deu tempo de frear, quando vi, o carro já estava invadindo a preferencial. Tentei desviar, mas não deu tempo. Foi quando perdi o controle e acabei batendo no muro da residência”, relatou Reginaldo.

Com o impacto da batida, a frente dos dois veículos ficou danificada. O motorista do Gol, mesmo não respeitando a preferencial, disse que iria resolver a situação na Justiça.

SUSTO
A aposentada Ermelina Correa da Silva, de 77 anos, estava dormindo quando foi surpreendida pelo barulho da batida. “Levei um susto. Falei: Meu Deus, o que será que aconteceu. Levantei e vi um poeirão na garagem. Abri o portão, foi que percebi que um carro havia invadido o meu muro”, contou a aposentada.

Ela disse que no local onde o Siena invadiu o muro ficava o veículo do seu filho, mas por sorte ele tinha viajado com o carro um dia antes.  “O carro é novinho, ainda bem que ele e ninguém estavam no local”, disse a aposentada. Ermelina comentou que direto ocorre acidente no cruzamento dessas vias, e que constantemente a lixeira da sua casa é atingida por veículos, contudo no muro, essa foi a primeira fez. “Veículos já bateram no poste. A minha lixeira constantemente é arrancada. Meu filho já pediu providências para esse cruzamento, mas até hoje ninguém fez nada”, acrescentou.
 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13