Rádios On-line
SAúDE

MS sofre com epidemia de casos de sífilis

Epidemia se deve principalmente à mudança de comportamento da população, como o não uso do preservativo

17 DEZ 2017 - 11h:00Por Tatiane Simon

A Secretaria de Estado de Saúde realiza nos dias 14 e 15 de dezembro, no auditório da Associação Brasileira de Odontologia (ABO/MS), o 1º Seminário Estadual de Enfrentamento da Sífilis em Mato Grosso do Sul. A proposta do encontro é redirecionar a linha de cuidado dos pacientes com sífilis na rede de Atenção Básica, além de discutir o papel da Vigilância Epidemiológica. Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil enfrenta uma epidemia da doença e o número de casos em Mato Grosso do Sul quase dobrou em dois anos, com aumento de 68,6%.

Em 2016, foram notificados 1.408 casos de sífilis adquirida. Já nesse ano, até 30 de novembro, o número subiu para 2.374 casos. A epidemia se deve principalmente à mudança de comportamento da população, como o não uso do preservativo, conforme avaliação da gerente do Programa Estadual IST/AIDS.

Deixe seu Comentário