Rádios On-line
COMBATE

Mulher integrante de facção é presa em operação do Gaeco em Três Lagoas

Operação Yin-yang é realizada pelo Grupo de Atuação Especial (Gaeco) em seis cidades

7 FEV 2019 - 11h:25Por Kelly Martins e André Barbosa

Uma mulher foi presa, nesta quinta-feira (7), durante a Operação Yin-yang, realizada pelo Grupo de Atuação Especial (Gaeco), em Três Lagoas. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça e o objetivo é combater atuações de facções criminosas em Mato Grosso do Sul. A operação ocorre também em Campo Grande, Dourados, Corumbá, Umuarama (PR) e Mossoró (RN).

Foram expedidos 48 mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão pela 4ª Vara Criminal de Campo Grande. A mulher presa em Três Lagoas foi levada para a 3ª Delegacia da Polícia Civil e será encaminhada para o Estabelecimento Penal Feminino.

Em Campo Grande, além da prisão e busca e apreensão na residência dos envolvidos, os mandados de prisão e busca estão sendo cumpridos pela Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) em diversos presídios.  Em Dourados, o cumprimento das ordens judiciais no interior está a cargo do Batalhão de Choque da Polícia Militar.

Em Mossoró, os mandados estão sendo cumpridos no Presídio de Segurança Máxima. Até o momento já foram apreendidos cigarros contrabandeados, entorpecentes e armas de fogo.

Durante as investigações, verificou-se que os alvos da operação integram a organização criminosa chamada PCC exercendo variadas funções na estrutura criminosa, desde a convocação de novos integrantes dentro e fora dos presídios, como também encarregados da prática dos crimes de tráfico de droga, roubos e homicídios.

Veja a matéria

Deixe seu Comentário