Rádios On-line

Mulheres recebem orientação e avaliação de saúde na Fisioterapia

No Dia Internacional da Mulher, a equipe da Clínica de Fisioterapia deu atenção especial a um problema de saúde, que é a incontinência urinária

8 MAR 2013 - 16h:17Por Divulgação

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e em meio às múltiplas ações, alusivas ao Dia Internacional da Mulher, promoveu também ações específicas na Clínica de Fisioterapia da Saúde do Trabalhador, oferecendo avaliação e orientação à mulher acometida pela incontinência urinária.

No horário de atendimento ao público, das 7h às 18h desta sexta-feira (8), no Dia Internacional da Mulher, toda a equipe da Clínica de Fisioterapia, na Avenida Antônio Trajano, Santo André, estará envolvida nesta ação, voltada para a saúde da mulher.

Juntamente com a avaliação e esclarecimentos, também foram oferecidos exercícios preventivos às mulheres interessadas, como informou a coordenadora Marcela Santander Brandão de Andrade.

“O tema escolhido é pouco discutido entre as mulheres, mas é de grande importância, pois causa enorme desconforto e insegurança na mulher. Esta é uma excelente oportunidade para esclarecimentos e tirar dúvidas”, observou Marcela.

Na oportunidade, as mulheres receberam também um folheto informativo sobre a Incontinência Urinária, elaborado pela equipe da Cínica de Fisioterapia da Saúde do Trabalhador.

DOENÇA
Além do transtorno, a incontinência urinária é resultado e manifestação de algum tipo de doença, que precisa ser diagnosticada pelo médico. Por esse motivo, o tratamento pode ser clínico ou cirúrgico. 

A incontinência urinária “é definida como qualquer perda involuntária de urina, exceto em crianças”.

O importante, como orienta o folheto, mostrado pela Marcela, quando a mulher começa a “sentir qualquer perda involuntária de urina, independente da quantidade, procure um médico. Quanto mais cedo diagnosticada a incontinência urinária, melhores as chances do tratamento ter sucesso”.

Entre as principais orientações dadas no Dia Internacional da Mulher é a “redução dos fatores agravantes da incontinência urinária, como obesidade, tabagismo e ingestão excessiva de líquidos”, diz o folheto.

“Além dos exercícios físicos, sob a orientação do fisioterapeuta, o conhecimento e a prevenção são importantes para a saúde da mulher”, completou a coordenadora da Clínica de Fisioterapia da Saúde do Trabalhador.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13