Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
INFRAESTRUTURA

Município estuda duas alternativas para obras de drenagem em bairros

Guerreiro esteve em Brasília nesta semana tratando da liberação de recursos para obras de infraestrutura

20 JAN 2018 - 07h:00Por Ana Cristina Santos

A administração municipal trabalha com duas alternativas para conseguir recursos para a execução de obras de drenagens, necessárias para resolver problemas do acúmulo de águas das chuvas em bairros de Três Lagoas.

Para solução dos problemas, o município tenta viabilizar um empréstimo bancário de R$ 180 milhões através do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), da Venezuela, ou do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Além disso, o prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) tenta destravar um empréstimo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. O projeto que possuía um valor inicial de R$ 84 milhões, foi apresentado ainda na gestão da ex-prefeita Márcia Moura (PMDB) e, depois de quatro anos da entrega dos documentos à Caixa Econômica Federal, não foi resolvido. 

Guerreiro esteve em Brasília nesta semana tratando da liberação desse recurso, que já soma R$ 112 milhões. O prefeito se reuniu com representantes dos ministérios da Cidade e do Turismo para discutir esse, e outros projetos apresentados pelo município para atender as áreas de saneamento, drenagem, pavimentação, educação e saúde.

O prefeito disse que está confiante para a liberação desse recurso. “Estamos trabalhando com todas as alternativas para tentar resolver esses problemas de alagamento na cidade. Se não der certo de um lado, dá certo do outro. Se for pelo Ministério das Cidades para nós fica mais interessante no tocante a prazo de pagamento e taxa de juros”, disse o prefeito. 

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13