Rádios On-line
8991
DISPUTA

‘Não adianta ser líder de pessoas que pensam diferente de mim’, diz Simone Tebet

Simone deixou a liderança do MDB por discordar de colegas que defendem votação fechada na disputa pela presidência do Senado

30 JAN 2019 - 11h:00Por Ana Cristina Santos

A senadora sul-mato-grossense, e ex- prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (MDB) disse em entrevista ao jornal RCN Notícias da rádio Cultura FM (106,5 MHz) que decidiu deixar a liderança do partido no Senado por não concordar com a postura de alguns colegas que defendem o voto fechado na Casa.

Simone é a favor de que a votação para a presidência do Senado seja aberta, diferente de alguns colegas, entre eles, Renan Calheiros (MDB/AL) que disputa com ela quem será o indicado do partido para concorrer à presidência do Senado.  

Simone lamentou o fato de alguns emedebistas não “enxergar” o recado da população e o resultado das urnas, que mostraram que os eleitores querem mudança e o fim da corrupção. A parlamentar citou como exemplo a redução de senadores do MDB que passou de 18 para 13. “ Esse é o resultado de um MDB que está rachado, que passa por uma depuração, e quero ajudar nisso como candidata. Se sou vencida por querer voto aberto, por entender que as pessoas precisam saber em quem cada um votou, significa que não adianta ser líder de pessoas que pensam diferente de mim’ ”, destacou.

Simone adiantou que independente do resultado da votação vai manter uma postura de oposição a tudo que está errado.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13