Rádios On-line
8991

Nas escolas do Sesi sobram vagas para educação

É baixo o número de inscrições para o EJA nas cinco escolas do Sesi do Estado

13 JAN 2009 - 06h:30Por Danilo Fiuza

Mais de 70% das quase 500 vagas gratuitas oferecidas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Serviço Social da Indústria (Sesi) em cinco cidades do Estado, incluindo Três Lagoas, ainda não foram preenchidas. A coordenadora da Área de Educação do Sesi/MS, Sueli Tavares da Silva reforça para que os trabalhadores não deixem para a última hora.
“Ao oferecer ensino gratuito aos trabalhadores das nossas indústrias almejamos que esta oportunidade contribua para melhorar a qualidade de vida não só dos industriários, mas de toda sua família. Por isso estamos chamando a atenção dos candidatos para que se inscrevam o quanto antes”, ressalta a coordenadora Sueli Tavares.
Em todo o Estado foram disponibilizadas 495 vagas distribuídas nas cidades de Campo Grande (125), Três Lagoas (165), Dourados (125) e Corumbá (80). A procura ainda é pequena nestes locais, apenas 25% do total já foram preenchidas, restando ainda 370 vagas em todo o Estado.
Em Três Lagoas, onde foi oferecido o maior número de vagas (165), a procura ainda está abaixo do esperado. “Contabilizamos 40% das vagas preenchidas, restando apenas cem vagas. Com o início do ano, a procura por parte das empresas aumentou muito e acreditamos que quem deixar para a última hora pode correr o risco de não garantir uma vaga”, explicou o gerente da Escola Sesi “Professora Neurília de Souza Medeiros”, Cleber Pacheco de Almeida.
“É importante lembrar que entre os dias 26 e 31 de janeiro serão realizadas as provas de classificação da série da EJA que os candidatos devem cursar. Por isso é preciso que o trabalhador se apresse para que não tenha surpresas de última hora já que os cursos são gratuitos”, lembrou Cleber de Almeida.


Deixe seu Comentário

TVC Canal 13