Rádios On-line
ECONOMIA

Indústria gera mais de 130 mil empregos em MS e tem PIB de R$ 23,5 bilhões

Produto Interno Bruto da Indústria chegou a R$ 23,5 bilhões em 2020

8 MAI 2021 - 08h:36Por Rosana Siqueira

A indústria de Mato Grosso do Sul sobrevive à crise, com garra, medidas de biossegurança e com uma gente forte. Mesmo em um ano atípico, em que a pandemia da Covid-19 afetou todas as atividades econômicas no mundo, a indústria não parou e nem a sua geração de riquezas. 

O Produto Interno Bruto (PIB) da indústria cresceu 5% em Mato Grosso do Sul, em 2020, e chegou a R$ 23,5 bilhões. Para este ano, a projeção é ainda mais ousada de crescer 6,7%.

Em relação aos empregos formais no setor, o crescimento foi de 4,5% de 2019 para 2020, subindo de 125.300 para 131.000, enquanto para 2021 o aumento estimado é de 1,5%, totalizando 132.900.

Com relação às exportações de produtos industrializados, os dados também são positivos em 2020, se comparados com 2019, com alta de 6%, passando de US$ 3,59 bilhões para US$ 3,80 bilhões, enquanto para 2021 a elevação será de 3,5%, somando US$ 3,94 bilhões.

O presidente da Federação das Indústrias de MS, Sérgio Longen, atribui os números positivos de 2020 as ações desenvolvidas pela Fiems.

Neste ano, Logen ainda espera que R$ 35 bilhões de investimentos de indústrias venham para o Estado. Um dos setores mais aguardados é a obra da fábrica de celulose, em Ribas do Rio Pardo, que deverá ser lançada oficialmente ainda neste semestre.

CAMPANHA

No dia 25 de maio é comemorado o Dia da Indústria e para comemorar não só a data, mas o mês inteiro, a partir desta segunda, o Grupo RCN de Comunicação inicia uma série de entrevistas, matérias especiais, reportagens em todos os veículos de comunicação do Grupo. É o “Movimento Feito no MS!”

O Movimento “Feito no MS” visa promover e fortalecer esse setor tão importante da nossa economia.  Acreditar na Indústria local, é gerar oportunidade e desenvolvimento para todos. Uma iniciativa do Grupo RCN de Comunicação... Juntos, a gente faz a diferença!

 

Deixe seu Comentário