Rádios On-line
AÇÕES

Netflix registra queda acentuada no número de novos assinantes

Resultado ficou abaixo do esperado e desanimou o mercado de ações

21 ABR 2021 - 09h:45Por Redação

A Netflix divulgou um documento voltado para seus acionistas e investidores relatando sua taxa de crescimento de novos assinantes no primeiro trimestre de 2021. Comparado ao mesmo período no ano passado, o resultado ficou abaixo do esperado e desanimou o mercado de ações, derrubando o preço de seu papel em 12%, que chegou a equivaler US$ 67,97 após algumas horas de operação.

A queda brusca pode ser explicada pelos próprios dados divulgados pela Netflix: no ano passado, durante o início da quarentena em razão da Covid-19, a empresa recebeu cerca 16 milhões de novos assinantes em 3 meses. Neste ano, até o momento, houve um crescimento de "apenas" 3,98 milhões de novas assinaturas, equivalendo a uma redução de 75,37% se comparado à performance de 2020.

Para piorar o caso, a Netflix havia afirmado, ainda em janeiro deste ano, que receberia pelo menos 6,3 milhões de novos assinantes para este período. Agora, a empresa espera o crescimento de mais 1 milhão de novas adesões para o próximo trimestre, totalizando o número de 4,8 milhões — substancialmente abaixo da expectativa.

Parte do problema pode ser explicado por dois fatores: o primeiro deles é que o significativo aumento no número de assinantes no ano passado foi impulsionado pelo início da quarentena, quando muitas pessoas aderiram plataformas como a Netflix para se entreter. Como a situação se manteve bastante similar nesse sentido, seria difícil alcançar um salto tão grande ou maior nas mensalidades.

Por outro lado, a queda no número de produções em razão da pandemia também diminuiu o interesse dos usuários pela Netflix, especialmente ao considerar os novos concorrentes, como a Disney+ e seu catálogo de mídias originais. Para remediar o problema, a empresa aposta em novos filmes com grandes celebridades, como Gal Gadot e Ryan Reynolds, para impulsionar seu acervo e trazer mais assinantes. (Informações da Tec Mundo).

Deixe seu Comentário