Rádios On-line
8937
TVC

No município, 302 veículos podem ir a leilão

1 AGO 2012 - 09h:48Por Cláudio Pereira

 Em Três Lagoas, 302 veículos podem ir a leilão, caso os proprietários não providenciem a retirada deles do pátio da 6ª Regional de Trânsito (Ciretran). Ao todo, existem 825 veículos entre carros e motocicletas apreendidos, no pátio do órgão, entretanto, apenas 302 estão pré-selecionados para ir a leilão, segundo informou Renata Gaspareto de Oliveira, responsável pelo setor de multas e liberação de veículos.

De acordo com ela, dos 302 veículos pré-selecionados para ir a leilão, há 263 motocicletas e 38 automóveis. Apenas um pertence à outra categoria. O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran/MS) publicou nessa segunda-feira, no Diário Oficial, edital de notificação aos proprietários dos veículos recolhidos nos pátios do órgão em cinco cidades, entre elas Três Lagoas.

Conforme o Diário Oficial, o prazo para a regularização da documentação e pagamento dos encargos é de 30 dias a contar da data da publicação, caso contrário os veículos irão a leilão. Entretanto, Renata Gaspareto explicou que ainda não tem uma data definida para a realização do leilão em Três Lagoas. Somente após a data definida, segundo ela, é que o proprietário tem o prazo limite de 30 dias para retirar o veículo do pátio. “Os 302 veículos já constam na lista dos pré-selecionados para ir a leilão. Quando for marcada a data, o proprietário terá até 30 dias para providenciar a regularização e retirada, senão vai a leilão. A retirada tem que ser feita antes que seja cortado o chassi do veículo”, frisou.

 Segundo a responsável pelo setor, o Detran tem uma portaria que estabelece a custódia de cada veículo. Os que ficam apreendidos até 20 dias ficam isentos da estadia, pois o proprietário só paga a taxa de vistoria do veículo, que é de R$ 39. Já os veículos que ultrapassam os 20 dias, permanecendo por mais tempo no pátio, só pagam por 30 estadias, mais a taxa da vistoria, que é de R$ 39. “Essa é uma forma de incentivar o proprietário a retirar o seu veículo”, destacou.

Renata explicou que, devido a algumas restrições, nem todos os veículos que estão no pátio da Ciretran estão pré-selecionados para ir a leilão. “Os que são encaminhados pela Polícia Civil, por exemplo, não podem ir a leilão”, comentou.

Ainda de acordo com ela, os veículos que vão a leilão, mesmo em boas condições de uso, não podem ser utilizados para circulação. Renata explicou que para o veículo ser leiloado é preciso que ele esteja mais de 90 dias apreendido. “A maioria dos que vai a leilão é porque o proprietário não tem condições de arcar com os débitos para regularizar a situação do veículo. O valor geralmente é alto e muitos, às vezes, são financiados, o que dificulta ainda mais para o proprietário quitar o débito”, salientou. O leilão de veículos em Três Lagoas deve ocorrer em novembro.

 

Deixe seu Comentário

Pantanal Mobile

TVC Canal 13

JORNAL DO POVO MOBILE