Rádios On-line
ESPECIAL

Nosso primeiro roubo a banco

Jornal do Povo completa 70 anos de muitas notícias, em Três Lagoas

8 JUL 2019 - 07h:56Por Tatiane Simon

Há 23 anos, moradores de Três Lagoas viviam momentos de tensão e medo nas ruas da cidade. Uma onda de roubos e furtos atingia os bairros e o centro da cidade na época. 

Em 28 de dezembro daquele ano, o Jornal do Povo estampou na manchete e publicou reportagem na página 11 sobre o primeiro assalto em banco da história de Três Lagoas. O fato, no entanto, ocorreu em 13 de maio de 1996 e apareceu na edição de retrospectiva do JP, em dezembro, junto a um conjunto de reportagens publicadas durante o ano.

A publicação de retrospectivas era comum em toda a imprensa escrita. E o Jornal do Povo fazia uma seleção dos fatos que chamaram mais a atenção de leitores. Evidentemente que um assalto a banco já chamaria e, em especial, sendo o primeiro da história da cidade, ainda mais.

Segundo o texto, três homens invadiram o extinto Banco Real, que tinha agência instalada no centro da cidade. O trio usava capacete de motoqueiro e estariam armados. No assalto, os ladrões levaram R$ 90 mil.

COMO FOI
A reportagem fala da ação dos bandidos com detalhes, quando renderam os funcionários no final do expediente de uma segunda-feira. Três agiram diretamente, rendendo e roubando o dinheiro, e outros dois auxiliaram. Um deles era bancário e facilitou o acesso dos bandidos.

Todos foram presos dois meses depois e a Polícia Civil recuperou R$ 30 mil. O restante do dinheiro e as armas utilizadas nunca foram localizadas pela polícia.

Mesmo com todo o empenho da polícia, no 19 de julho do mesmo ano, uma decisão do então juiz João Emílio Tiepo determinava que os assaltantes fossem soltos e que, apesar da forte repercussão junto à população, ele não considerava o fato como “gerador de comoção popular”.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13