Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
BALANÇO

Número de afogamentos aumenta e 9 pessoas morrem na região de Três Lagoas

Embriaguez e imprudência estão entre as principais causas, segundo Corpo de Bombeiros

14 FEV 2017 - 17h:18Por Kelly Martins

Nove pessoas morreram afogadas em rios que cortam Três Lagoas e região, somente em 2017. O número corresponde a 81% do total de ocorrências de afogamentos no ano passado quando 11 casos foram registrados nos rios Sucuriú, Paraná e Rio Verde, sendo o último entre os municípios de Água Clara e Brasilândia. O levantamento foi feito pelo Corpo de Bombeiros após o afogamento de dois irmãos durante uma pescaria, no último domingo (12).

O fato ocorreu em Água Clara quando um dos jovens caiu na água e, o outro, tentou salvá-lo. Os dois desapareceram no rio. Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros realizou buscas e os corpos foram localizados. Os dados revelam que o excesso de bebida alcoólica e a imprudência são as principais causas de afogamento. De acordo com os bombeiros, em Três Lagoas, os afogamentos estão concentrados, principalmente no Sucuriú, onde a incidência é maior devido à quantidade de ranchos, chácaras, pousadas e por agregar a parte turística local.

Com extensão de 450 km, o rio faz divisa entre os municípios de Inocência, Três Lagoas e Água Clara, sendo muito visitado aos finais de semana pela população da região. Ele se difere dos demais por conta da profundidade que pode chegar a até 30 metros em alguns pontos e ainda ser de cor escura, dificultando a visibilidade dos mergulhadores durante as ações de resgate.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13