Rádios On-line
SUPER BANNER CAMINHÃO ATÉ 16.01
POLêMICA

Obra demorada para acesso a indústrias revolta trabalhadores

Empregados de fábricas de distrito industrial reclamam de perigo em tráfego por avenida

9 MAI 2018 - 15h:47Por Steffany Pincela

Trabalhadores de indústrias que usam a avenida Marcolino Carlos de Souza reclamam da demora de conclusão da obra iniciada em dezembro do ano passado. A via também é o único acesso ao aeroporto de Três Lagoas, além do parque industrial onde funcionam 22 empresas.

O prazo para término da obra era de quatro meses, segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Dirceu Deguti. A empresa vencedora da licitação, contratada por R$2,3 milhões, foi a empreiteira Skalla Comércio e Urbanização, que possui sede em Andradina (SP).

O operador de empilhadeira Vanderson Luis dos Santos, de 28 anos, diz que a obra inacabada dificulta a passagem de trabalha nas indústrias, principalmente dos que trabalham durante a madrugada. “Foi instalada uma placa que diz que em quatro meses a obra estaria pronta, mas já tem seis meses ainda não está nem na metade", aponta. 

"Se pelo menos passem uma máquina na estrada do lado que sai na rotatória do balneário municipal já ajudaria a gente. Entramos às 5h e tem funcionários que saem à meia-noite, e isso é perigoso, por conta da areia acumulada na avenida”, completou.

Outro Lado

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, disse à reportagem que as obras foram paralisadam por conta da desapropriação de uma área particular, próxima da avenida “Tivemos a necessidade dessa desapropriação, que foi feita pela Prefeitura Municipal de Três Lagoas. Para que a gente fizesse a extensão da via, tinha uma área particular que adentrava em parte desta avenida. Nós fizemos a obra até uma parte e tivemos que paralisar", relatou.

Verruck não previu prazo para conclusão das obras. Cita apenas que o projeto "está em sua fase final".

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13