Rádios On-line
11588
Nova Estrela 0603

Obra de construção de casas é abandonada por empreiteira

Conjuntos de casas serão para os trabalhadores das indústrias de celulose e papel da VCP

31 JAN 2009 - 06h:19Por Danilo Fiuza

“Ninguém sabe de nada; o que sabemos é que ninguém recebeu”. A frase é de um empreiteiro da Cidade, sub-contratado pela JHV Construções e Comércio Ltda, com sede em Birigui, São Paulo, que estava construindo habitações para a Votorantim Celulose e Papel (VCP) abrigar o pessoal que vai trabalhar na fábrica que está sendo montada em Três Lagoas. A referência do empreiteiro (que preferiu não ser identificado), em epígrafe, é com relação ao abandono das obras de construção das casas pela empreiteira-âncora (JHV), desde dezembro do ano passado, deixando para trás compromissos financeiros assumidos com fornecedores e mão-de-obra contratados.
Ontem (30), vários operários das sub-empreiteiras, que estavam trabalhando na edificação das casas da VCP nos bairros Santa Rita e Parque São Carlos (cerca de 142 unidades habitacionais) protestavam e exigiam o pagamento dos salários. “A empresa [que o contratou] diz que não recebeu da VCP e por isso não pagou nosso salário”, comentou o operário Luiz Ribeiro (um dos 250 aproximadamente contratados). Ele acrescentou que, desde 15 de dezembro não recebem e não têm informação de quando vão ter os vencimentos normalizados. Seu colega de nome Osires, oriundo de São Paulo, desabafa: “não vivemos de promessas, a empresa tem que pagar o que nós trabalhamos.”. O pintor de paredes Rivelino, natural de Três Lagoas, revela que tem para receber pelos serviços cerca de R$ 2, 5 mil. “O dono da casa onde moro já está me cobrando o aluguel atrasado e assim também o açougueiro, o cara do mercado”, colocou ele.
Com cerca de 40 dias de paralisação das obras, cujo prazo de entrega “já estourou” (conforme o empreiteiro sub-contratado), o impasse continua. “Parece que uma reunião [da VCP com os sub-empreiteiros e representantes dos operários e fornecedores] vai acontecer na segunda-feira (2); estamos aguardando”, disse o empresário.
A redação do Jornal do Povo entrou em contato, via e-mail, com as assessorias da JHV (através do site
www.jhv.com.br) e da VCP, pedindo informações sobre a questão. Somente a assessoria da Votorantim respondeu, mas informando apenas o que expressa o comunicado abaixo.

COMUNICADO

É o seguinte o comunicado da VCP, publicada na edição de ontem (30) do Jornal do Povo, na página 6: “A VCP-MS informa que a JHV Construções e Comércio oficializou abandono da obra para construção de casas residenciais no município de Três Lagoas, conforme notificação enviada pela própria JHV e recebida pela VCP MS em 27 de janeiro de 2009”.
“A Construtora ainda deixou de cumprir com o pagamento de fornecedores e mão-de-obra contratados por ela para a realização das obras”.
“A VCP MS informa que cumpriu todas as cláusulas contidas no contrato com a JHV e irá abrir um canal de comunicação com os fornecedores desta construtora, buscando alternativas de solução para o caso”.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13