Rádios On-line
OBRAS

Obra de restauração da BR-262 segue em ritmo lento

Trecho do quilometro 95 até Água Clara é o mais crítico, segundo motoristas

19 JUN 2021 - 17h:15Por Ana Cristina Santos

A obras de restauração da BR-262, rodovia que liga Três Lagoas a Campo Grande, seguem em ritmo lento. A previsão, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), é de que as obras, no trecho de Três Lagoas ao quilometro 191, sejam retomadas na próxima semana. No trecho do quilometro 95 até Água Clara é o mais crítico. Motoristas reclamam das péssimas condições de trafegabilidade da rodovia, que não tem acostamento e tem buracos na pista.

As obras de restauração e construção de terceiras faixas na BR-262 foram paralisadas por algumas vezes, a última em setembro do ano passado, e foi interrompida por falta de recursos.

O Dnit informou que existe um contrato de restauração rodoviária ativo entre Três Lagoas até o quilometro 189, na entrada para Santa Rita do Pardo, que deve ser concluído até o fim de 2022. Neste contrato, segundo o Dnit, será executado a restauração das pistas e dos acostamentos, bem como a implantação de terceiras faixas.

Já no segmento entre o quilometro 189 até Campo Grande, passando por Ribas do Rio Pardo, o Dnit informou que já contratou e assinou a ordem de serviço para o início das obras no próximo dia 21, com a execução de uma série de serviços de manutenção rodoviária.

A construção de mais uma fábrica de celulose em Mato Grosso do Sul, no município de Ribas do Rio Pardo, gerou alerta das autoridades do Estado. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), inclusive, pediu apoio da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para que o governo federal viabilize recursos para melhorar ainda mais a rodovia, que terá aumento no fluxo de veículos.

Deixe seu Comentário