Rádios On-line
SEGURANÇA PÚBLICA

Operação com mais de 20 mil integrantes das forças de segurança fecha as divisas de quatro estados

Operação acontece em quatro estados, MG, SP, PR e MS para combater o crime na bacia Tiete-Paraná

29 OUT 2020 - 13h:00Por Alfredo Neto

Foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (29) em Três Lagos, Mato Grosso do Sul e em três estados SP (São Paulo), MG (Minas Gerais) e PR (Paraná), a (Operação Divisa lll), cerca de 20 mil policiais dos quatro estados, 6.770 viaturas, 17 aeronaves, 17 drones, 142 cães e 91 embarcações estão sendo utilizadas na operação que visa cumprir mandados de buscas e apreensões, prisões e combate ao tráfico de drogas e ao crime organizado.

A operação conta com o empenho de todos os órgãos de segurança dos quatro estados, PM (Polícia Militar), PMRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual), PC (Polícia Civil), PF (Polícia Federal), PRF (Polícia Rodoviária Federal). Além de contarem com apoio logístico e tático das Forças Armadas, Exercito, Marinha e Aeronáutica.

Em Mato Grosso do Sul, estão envolvidos na operação todos os setores que respondem ao gabinete da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), e a Sefaz (Secretaria de Estado e Fazenda). A operação está sendo realizada desde segunda-feira (26). Em Três Lagoas, foram executados mandados de prisão contra investigados por tráfico de drogas, pedofilia e associação com o crime organizado.

A Delegacia Regional de Polícia Civil de Três Lagoas, ainda não tem um balanço parcial do número de mandados expedidos e executados na cidade, uma coletiva de imprensa será anunciado para a divulgação do resultado da operação divisa lll.

A ‘Operação Divisa’, tem por finalidade integrar as forças de segurança dos estados de Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Paraná, as ações abrangem todo o território dos estados citados, mas a maior parte das operações policiais ocorrem nas maiores cidades que margeiam a bacia dos rios Paraná, e rio Tiete. Combater o tráfico de drogas, armas, animais silvestres, crimes contra à vida, contrabando, crimes ambientais e repressão contra ações de facções criminosas, são as principais metas para a integração entre os estados que compõem bacia Tiete-Paraná.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13