Definir Três Lagoas como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8086
PREFEITURA TL 103 ANOS 18 A 30.06.18

Operários concluem acesso à fábrica de fertilizantes na BR-158

Governo federal investe R$ 3,495 bilhões do PAC 2 na fábrica da Petrobras, em Três Lagoas

2 AGO 2012 - 09h:50Por Cláudio Pereira

Operários das empreiteiras do consórcio responsável pelas obras da fábrica de fertilizantes da Petrobras, em Três Lagoas, concluem as pistas de acesso na BR-158. O cronograma das obras da Planta de Fertilizantes Nitrogenados, projetada para ser a maior da América Latina, está mantido e deve ser concluído no terceiro trimestre de 2014.

Nesta semana, o governo federal confirmou, durante o balanço das obras, que têm recursos da segunda fase do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), investimento de R$ 3,495 bilhões na fábrica da Petrobras.

De acordo com a Petrobras, a unidade faz parte do Plano de Negócios 2011-2015 da empresa para a área de fertilizantes e sua capacidade de produção estimada será de 1,21 milhão de toneladas de ureia e 81 mil toneladas de amônia por ano. As obras civis foram aceleradas agora, com a conclusão da terraplanagem.

No plano de investimentos da empresa, a área de fertilizantes conta com US$ 5,9 bilhões. Somando o aporte do governo federal por meio do PAC 2, a projeção de investimentos sobe para R$ 9,395 bilhões.

A previsão de operação da fábrica de Três Lagoas, a partir de setembro de 2014, leva em conta o último plano de investimento, definido no início ano, que também projeta para Três Lagoas a expansão de uma cadeia industrial de aproximadamente 17 fábricas, que vão operar no fornecimento de insumos, serviços e operação logística.

Segundo a diretora-presidente da Petrobras, Maria da Graça Silva Foster, a Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III) terá capacidade de produção de 1,210 milhão de toneladas de ureia e 761 mil toneladas de amônia por ano. Desse total de amônia, 680 mil toneladas serão utilizadas no processo de produtivo da ureia e 81 mil toneladas serão comercializadas.

 

A fábrica será a maior unidade de fertilizantes da América Latina e vai duplicar a produção de ureia no país.

Atualmente, o Brasil importa 65% da ureia consumida no mercado interno. A instalação da fábrica em Três Lagoas pode atrair para Mato Grosso do Sul outros fabricantes de adubos (não nitrogenados) utilizados em lavouras.

EMPREGOS

Apenas na fabricação de ureia e amônia, a fábrica da Petrobras vai gerar de 500 a 600 empregos diretos. Nessa fase de obras civis, os postos de trabalho chegarão a cinco mil. Já os empregos na formação da cadeia, com as empresas de suporte no fornecimento de insumos, transportes e serviços, podem ser gerados aproximadamente 20 mil empregos.

O processo de seleção já foi iniciado, com o Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural). A Petrobras assegura que irá priorizar a contratação da mão de obra local, que será capacitada por meio do Prominp.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7201