Rádios On-line
DATERRA QUER ALUGAR MOBILE
ESTARRECEDOR

Pais são suspeitos de estuprar próprio filho de 7 anos

Pais também vão responder por abondono quatro filhos estavam em situação de miséria

17 JAN 2020 - 20h:45Por Alfredo Neto

A Polícia Civil pediu nesta sexta-feira (17) a prisão preventiva dos pais suspeitos de estuprar o de sete anos, e abandono de mais quatro filhos no bairro Tijuca, em Campo Grande.

O estupro foi descoberto após uma testemunha ter acesso a um vídeo onde a mãe segura a criança de sete anos para o pai da criança cometer o abuso sexual, outras testemunhas também foram ouvidas pela delegada Francielle Candotti, responsável pelas investigações.

O homem que recebeu o vídeo com as cenas do abuso sexual procurou o Conselho Tutelar e fez a denúncia, de posse do vídeo os conselheiros registraram o boletim de ocorrência na Depca (Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente) da Capital.

Após o registro da ocorrência a delegada Francielle Candotti, foi até a casa onde havia ocorrido o abuso sexual e levou pai, mãe e as crianças para a delegacia para serem ouvidas.

A delegada Francielle Candotti, está fazendo oitivas com as partes acusadas, vítimas e testemunhas desde as 8h da manhã desta sexta-feira e disse ter provas suficientes para pedir a prisão preventiva dos pais da criança.

Em depoimento uma adolescente testemunha disse ter sofrido abuso sexual do homem que já tem histórico extenso de violência doméstica.

De acordo com informações do Conselho Tutelar de Campo Grande, duas crianças de 3 anos e 13 anos estavam em situação deplorável de miséria.

Não foi divulgado a identidade dos pais das crianças flagradas em situação de abandono e que também irão responder por estupro de vulneráveis. Os pais das crianças estão detidos a espera da decisão da justiça a respeito da prisão preventiva.

Deixe seu Comentário

SEMANA NACIONAL DO TRANSITO BANNER INTERNA

TVC Canal 13
  • Programas: