Rádios On-line

Pátio do Detran está superlotado e tem 1,5 mil veículos apreendidos

Apreensões de motos lidera ranking e cresce multa por embriaguez ao volante

9 JAN 2016 - 09h:35Por Kelly Martins

O pátio da 6ª Agência Regional de Trânsito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MS), em Três Lagoas, iniciou o ano superlotado de veículos apreendidos. São 1.553 carros, caminhonetes, motocicletas, caminhões retirados de circulação por apresentarem documentação irregular e infrações cometidas no trânsito pelos condutores, conforme contabilizado pelo Setor de Estatísticas do órgão até o final de dezembro de 2015. 

O número de motos espalhadas pelo pátio representa 81,4% do total das apreensões. De acordo com o Detran, foram apreendidos 1.265 motos; 281 carros, cinco caminhões e dois triciclos.  Curiosamente dois automóveis estão no local há 15 anos, como informou a pasta.

“Grande parte foi apreendida em fiscalizações, abordagens, acidentes, infrações e documentação irregular”, disse a gerente regional, Solange de Fátima Rodrigues. Porém, embriaguez ao volante ganha destaque e está entre as principais multas e apreensão de veículos.

Dirigir sem carteira de habilitação e sem documentos de porte obrigatório também foram listados no levantamento do setor de estatística. Em média, são 129 veículos apreendidos mensalmente no município. Em contrapartida, 853 foram liberados no decorrer de 2015, o que equivale, em média, 71 ao mês. 

Janeiro, por exemplo, registrou o maior número de veículos encaminhados para o pátio do Detran: 172. Em seguida, os meses de fevereiro e agosto lideram o ranking com 147 e 144 apreensões, respectivamente. O dono tem até 60 dias para buscar e regularizar a situação. Quando o prazo acaba, o carro, ou a moto, é, geralmente, leiloado.

Mais de 100 veículos que não tiveram a situação regularizada foram leiloados em novembro do último ano, no município. Para 2016, a diretoria do Detran declarou ao Jornal do Povo que estuda a realização de um novo leilão, como tentativa de sanar o problema da superlotação. Em dezembro de 2014, a Agência Regional chegou a acumular 1.440 veículos e realizou 982 liberações.

 

Deixe seu Comentário