Rádios On-line
8938
JORNAL DO POVO MOBILE
FATALIDADE

Perito investiga morte de bebê de 9 meses nesta madrugada

Corpo da criança foi trazido para o Instituto Médico Odontológico Legal de Três Lagoas

10 AGO 2018 - 10h:29Por André Barbosa

O corpo de um bebê de 9 meses foi trazido ao Instituto Médico Odontológico Legal (Imol) de Três Lagoas, na manhã desta sexta-feira (10). Ele teria morrido durante a madrugada e foi encontrado na cama, pela mãe de 22 anos, moradora de Brasilândia.

O perito médico foi acionado para investigar as causas da morte. O rosto da criança aparentava rubor mais intenso. Segundo informações da Polícia Civil de Brasilândia, o bebê passou a noite entre os pais, e tinha acumulo de sangue nos vasos sanguíneos da face (livores hipostáticos) o que leva a suspeita de sufocamento, possivelmente pelo cobertor do casal.

Segundo o delegado Thiago Passos, a polícia instaurou inquérito para apurar a morte da criança. “É necessário aguardar a conclusão do laudo pericial, para que, aliados a outros dados da investigação, possamos apurar a o que provocou a morte do bebê”.

Segundo a primeira análise pericial, o corpo da criança tem sinais de morte por asfixia. “Isso não significa, porém, que ocorreu crime ou ação humana, mesmo por que o corpo não apresenta sinais de violência (trauma). Pode ter se sufocado em cobertor, travesseiro, enfim, em qualquer agente externo que tenha impedido a respiração normal. Esse dado será apurado durante a investigação”, disse o delegado.

Os pais não acompanharam o traslado do corpo ao Imol. O laudo pericial deverá ser finalizado em 30 dias.

Deixe seu Comentário

Pantanal Mobile

TVC Canal 13

TVC