Rádios On-line
VOLTA ÀS AULAS

Pesquisa mostra diferença superior a 800% no preço de material escolar

Procon de Três Lagoas orienta aos consumidores pesquisar antes de comprar

20 JAN 2020 - 07h:30Por Kelly Martins

O mês de janeiro está acabando e muitos pais já andam preocupados com a volta às aulas, consequentemente, com a compra do material escolar. E antes de adquirir algum produto, o consumidor terá que pesquisar bastante para o valor da compra não pesar no bolso. Essa é a recomendação do Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Três Lagoas (Procon) após realizar uma pesquisa comparativa de preços de materiais escolares na cidade. 

O levantamento apontou uma diferença de valores que chega a mais de 800%. Foram avaliados 82 itens da lista de materiais de crianças e adolescentes em seis papelarias, sendo que dois estabelecimentos não forneceram valores. Em termos percentuais, a maior diferença de preço encontrada foi na caneta esferográfica azul. O maior preço registrado pela pesquisa foi de R$ 5,49 e o menor preço: R$ 0,60 – uma diferença de 815%.Uma caixa de giz de cera, por exemplo, com 12 cores também apresentou destaque no valor comercializado resultando em uma variação de preços de 615%. O menor pesquisado foi de R$ 2,50 e, o maior preço encontrado foi de R$ 17,90.

Outro item da lista foi o apontador. Há papelarias vendendo pelo preço de R$ 0,80 ao passo que outras comercializam pelo valor de R$ 2,50, a variação é de 212%. O caderno de 100 folhas grande é vendido com valor diferenciado. O preço é entre R$ 6 e R$ 20,9, resultando em uma variação de 233% no bolso do cliente. É importante ficar atento no momento da compra. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13