Rádios On-line
DIFICULDADES

Péssimas condições das estradas rurais dificultam transporte escolar

Prefeito Ângelo Guerreiro diz que vai em busca solução para o problema

9 MAR 2017 - 10h:47Por Ana Cristina Santos

A Prefeitura de Três Lagoas vai solicitar autorização do Ministério Público Estadual para contratar uma empresa emergencialmente, pelo prazo de 90 dias, para executar o serviço de recuperação das estradas da zona rural.

As péssimas condições em que se encontram essas estradas tem dificultado o transporte dos ônibus escolares que transportam os alunos da zona rural para as escolas na cidade. O transporte, de acordo com o prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB), é feito por empresas terceirizadas, que tem encontrado dificuldades para trafegar pelas estradas, em especial pelos “corredores”.

Na manhã desta quinta-feira (10) o prefeito participou do Jornal RCN Notícias da Rádio Cultura FM (106,5Mhz) para falar sobre essa situação e pedir a compreensão dos pais, que têm que levar os filhos até determinado local onde o ônibus passam. Guerreiro informou que o Ministério Público não permite mais que os ônibus não podem mais trafegar pelos “corredores” para buscar os alunos. Por esse motivo, solicitou a colaboração dos pais e dos proprietários de ranchos e fazendas para que ajudem no transporte das crianças.

“A determinação do Ministério Público é para que diminua o tempo dos alunos dentro dos ônibus. Às vezes, as crianças ficam até três horas dentro dos ônibus, então os proprietários podem colaborar nesse transporte para diminuir o tempo dessas crianças que moram na zona rural dentro dos ônibus”, destacou.

 Ainda de acordo com o Guerreiro, o município não dispõe de maquinários o suficiente para executar todo o trabalho de infraestrutura, tanto na cidade, quanto na zona rural. “Não é novidade que não temos maquinários. Nesses 60 dias , recuperamos alguns maquinários, mas não são suficientes. Os donos das empresas estão reclamando da dificuldade para trafegar nas estradas devido às péssimas condições, e nós entendemos”, acrescentou.
 

Deixe seu Comentário