Rádios On-line
ECONOMIA

Petrobras inicia nova etapa para venda da UFN 3

Empresas interessadas terão até 6 de março para apresentar as propostas

22 FEV 2020 - 07h:30Por Ana Cristina Santos

A Petrobras deu mais um passo importante para a venda da UFN 3 (Unidade de Fertilizantes Nitrogenados), de Três Lagoas. Nesta sexta-feira (21), abriu a fase não vinculante referente à venda de 100% da fábrica que tem 81% dos avanços físicos concluída, cuja obra foi paralisada em dezembro de 2014, após a estatal romper contrato com o Consórcio UFN 3. 

Na semana passada, a estatal havia anunciado a abertura da licitação que, de fato, começou ontem. Os potenciais compradores habilitados para essa fase receberão um memorando descritivo contendo informações mais detalhadas sobre o ativo em questão, além de instruções sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para elaboração e envio das propostas não vinculantes.  As empresas terão até 6 de março para apresentar as propostas.

O potencial comprador, se enquadrando em todos os critérios, como ter cadastro positivo e sem envolvimento com corrupção, também deverá ter capital superior a US$ 600 milhões (cerca de R$ 2,5 bilhões). De acordo com a Petrobras, a divulgação está de acordo com “diretrizes para desinvestimentos” da estatal.

O processo de venda foi suspenso em dezembro  do ano passado, após a estatal encerrar a negociação com o grupo russo Acron Group, que quase fechou acordo para a compra da fábrica.

A negociação com o grupo russo fracassou devido a indefinição sobre a principal matéria prima para o fornecimento da fábrica, o gás natural que, em princípio, viria da Bolívia, mas depois da polêmica entorno da eleição presidencial, o processo de venda fracassou. Agora, no novo edital de venda, a Petrobras passa a oferecer o gás natural para o futuro comprador da UFN 3.

Outro ponto importante é que a Petrobras desvinculou a venda da UFN 3 à da Ansa (Araucária Nitrogenados), fábrica de fertilizantes do Paraná, que  tem gerado prejuízos a estatal.

Segundo fontes ligadas ao setor econômico ouvidas pelo Jornal do Povo, esse processo de venda deve ser concluída ainda neste semestre, e com grandes chances, da Acron ser a compradora. Como a empresa russa já tem levantamento da unidade, a venda pode ocorrer o quanto antes.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas, Fernando Jurado, disse que os empresários aguardam “com grande expectativa” a venda da fábrica, que possibilitará a retomada da economia com a geração de 10 mil empregos durante a construção.
 

 
What do you want to do ?
New mail

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13