Rádios On-line
7930
ALERTA

PM cria plano contra ataques a bancos

Quadrilha teria como alvo agências bancárias de Três Lagoas, no estilo de ação criminosa conhecida como “novo cangaço”

10 NOV 2018 - 08h:16Por Kelly Martins

O 2º Batalhão da Polícia Militar de Três Lagoas elabora um plano emergencial contra ataques a agências bancárias da cidade. Isso ocorre após ameaças de que o município estaria na lista de quadrilhas e seria o próximo alvo depois das explosões de terminais eletrônicos em Chapadão do Sul, distante 372 quilômetros. O crime ocorreu na madrugada de quarta-feira (7), em dois bancos, e até o momento não houve prisão. 

Dias antes ao ataque, o Setor de Inteligência da PM obteve informações de que um grupo criminoso planejava invadir agências bancárias em Três Lagoas, no estilo “novo cangaço”, em que os criminosos agem de forma violenta, armados com fuzis e mantêm reféns como escudo humano. Porém, é um tipo de ação criminosa que nunca constou nos registros policiais do município. 

“Foram feitas algumas ameaças de ataque aqui. Nossa equipe tem trabalhado já alguns dias nessa questão tentando identificar os suspeitos, os grupos envolvidos e, por isso, estamos elaborando ações de prevenção para garantir a segurança”, pontuou o comandante do Batalhão, major Ênio de Souza. 

Uma das medidas foi o reforço no patrulhamento ostensivo na área central de Três Lagoas, onde estão localizadas as 14 agências bancárias e cooperativas. O monitoramento foi ampliado ao longo do dia e da noite após a ocorrência em Chapadão do Sul. Em alguns pontos há monitoramento por câmeras de segurança, o que pode auxiliar na fiscalização diária. No entanto, 36 equipamentos instalados há três anos em áreas estratégicas continuam sem funcionar devido a problemas no sistema. Uma empresa já foi contratada pela prefeitura para a manutenção das câmeras. 

“Em cidades menores onde há uma fragilidade na segurança, essas quadrilhas buscam praticar essas ações delituosas. Então já estamos preparando, inclusive, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) de Campo Grande tem nos auxiliado. Estamos bem atentos com situações suspeitas, por exemplo, pessoas com carros de outros estados,” declarou o comandante. 

RELAÇÃO

Um dia depois da ação criminosa em Mato Grosso do Sul, o mesmo tipo de ocorrência foi registrada em Frutal (MG). Lá, dois bandidos e uma moradora morreram. Agora, as autoridades em segurança avaliam se os dois ataques estão relacionados. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300