Rádios On-line

Polícia Civil registra novo roubo de caminhonete

Delegado informou também que existem grandes chances de esses veículos ainda estarem em território nacional

9 JAN 2013 - 09h:33Por Redação

A Polícia Civil registrou o sexto roubo de caminhonetes em Três Lagoas nesta semana. O crime aconteceu por volta das 20h, em frente a uma residência no bairro Jardim Alvorada. Segundo o delegado Regional, Vitor José Fernandes Lopes, a vítima, uma jovem de 29 anos, chegava à residência do namorado, quando, já parada, foi surpreendida pelo assaltante que batia no vidro com uma arma de fogo.

“O resto segue o mesmo padrão que já vinha sendo registrado nos outros crimes: os bandidos chegam de moto, um deles, ordena que a vítima saia do veículo e assume o volante. Enquanto isso, o piloto segue com a moto”, explicou. Eles fugiram rumo à Capitão Olyntho Mancini, no sentido bairro/centro.

Para o delegado, se for realmente a mesma quadrilha que vem agindo no município, existem grandes chances de o veículo, uma L-200 Triton, seminova, ainda estar em Três Lagoas. Na semana passada, a Polícia Militar conseguiu recuperar uma caminhonete Toyota Hilux que estava em uma residência usada como “esconderijo” dos bandidos no bairro Jardim América. Entretanto, os bandidos conseguiram fugir.

Baseada nessa possibilidade, investigadores da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) buscam informações sobre o caso desde a hora do crime.“A única coisa que mudou em relação aos outros crimes foi o horário. Em todos os outros roubos, os bandidos agiram durante o dia. Já esse ocorreu à noite”, completou Lopes.

DESTINO
O delegado informou também que existem grandes chances de esses veículos ainda estarem em território nacional. A Polícia Civil já teve acesso às câmeras de segurança das duas principais fronteiras de Mato Grosso do Sul, Bolívia e Paraguai, e não detectaram a passagem de nenhuma das caminhonetes furtadas. “Estamos mantendo controle frequente das fronteiras, que emite imagens on-line”, declarou.

Lopes completa: “Pode ser que esses veículos sejam encomendas. Nesse caso, eles serão clonados e encaminhados para outros estados, como São Paulo. Existe a possibilidade de que sejam usados para o tráfico, por serem utilitários e também porque os traficantes optam por veículos roubados ou furtados para o transporte da drogas”, declarou.
Até o momento, dois suspeitos foram identificados pela polícia. O delegado Regional, porém, informou se tratar de um grupo de bandidos da cidade que optaram por essa nova modalidade de crime. 

A polícia não descarta a possibilidade de uma nova ação do mesmo grupo. “Eles irão parar quando conseguirmos prendê-los. Enquanto isso, é importante que os proprietários desse tipo de veículo adotem alguns cuidados, mesmo sendo difícil evitar uma situação como essa, já que não tem horário ou área preestabelecidos. Entre elas, observar a aproximação de pessoas veículos e, em qualquer atitude suspeita, acionar o 190. Além disso, nunca reagir ao assalto”, disse.

Das seis caminhonetes roubadas em Três Lagoas, a maioria L-200 e Hilux,  apenas uma foi recuperada até o fechamento desta edição.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13