Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
TÁTICAS

Polícia pode pedir bloqueio de contas bancárias de suspeito por feminicídio

Polícia pode pedir bloqueio de contas bancárias de suspeito por feminicídio

15 JAN 2018 - 15h:10Por Valdecir Cremon

Duas táticas de investigação poderão ser adotadas pela Polícia Civil na tentativa de capturar, dentro do período de flagrante - que vence às 16h30 desta segunda-feira (15) - o ex-gerente industrial Renato Bastos Otoni, suspeito pela morte da ex-mulher Halley Coimbra Ribeiro, de 39 anos, ocorrida no domingo. 

A mulher foi morta com três tiros, pelas costas, na cozinha da casa da família, no bairro Santa Júlia, em Três Lagoas. Duas crianças pequenas, filhas do casal, e uma filha de Halley, de 15 anos, estavam na casa. Nenhuma se feriu.

O rastreamento do telefone celular de Otoni e o possível bloqueio de contas bancárias e cartões de crédito são táticas comuns em casos assim. A delegada Letícia Mobis, responsável pelo caso, prefere não dar detalhes da investigação. 

"Não temos, ainda, como fazer o bloqueio de contas, mas essa possibilidade existe", resumiu a policial. A medida depende de autorização judicial, que pode ser pedida junto com um possível pedido de prisão preventiva de Otoni. O rastreamento de celular também depende de autorização judicial. (Colaboraram Ana Cristina Santos e André Barbosa)

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13