Rádios On-line
7931
TRÂNSITO VIOLENTO

Polícia procura assassino de João Gabriel de Assis Pereira

Morte de marceneiro após acidente é tratada como homicídio pela Polícia Civil. Motorista não prestou socorro

5 AGO 2018 - 19h:56Por André Barbosa

A Polícia Civil de Três Lagoas registrou como homicídio culposo a morte do marceneiro João Gabriel de Assis Pereira, de 28 anos. Ele estava internado no Hospital Auxiliadora, após ser atingido por um carro em alta velocidade, enquanto pilotava sua moto pela rua Antônio Marques Leal, no bairro Jardim Alvorada, na sexta-feira (3). Ele foi levado em estado grave por uma viatura do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, por volta das 18h50. Mas, não resistiu aos ferimentos e perdeu a vida às 16h de sábado. O suposto assassino abandonou o veículo e fugiu do local sem prestar socorro. Ele é considerado foragido.

De acordo com a ocorrência policial, João Gabriel foi atingido pelo carro de passeio próximo ao cruzamento com a rua Manoel Rodrigues Artez. O condutor do veículo não prestou socorro e continuou dirigindo por mais alguns metros, quando perdeu o controle de direção e entrou em um terreno baldio. O carro ficou preso e ele seguiu a pé.

Os bombeiros encontraram os documentos do proprietário do veículo, que é natural de Muzambinho (MG). A polícia acredita que ele seja o responsável pelo crime.

Segundo os paramédicos, João Gabriel sofreu trauma no tórax e abdome e fratura no braço. Ele foi levado direto para o centro cirúrgico.

 

FAMÍLIA

O marceneiro autônomo João Gabriel de Assis Pereira tem uma filha de um ano e sua esposa está grávida de quatro meses. Ele foi sepultado às 16h deste domingo (5). O velório esteve lotado de parentes, amigos e membros da comunidade religiosa que frequentava.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
BAND
7300