Rádios On-line

Polícias divulgam resultados da Operação Semana Santa no Estado

Número de acidentes manteve a média em relação a 2012, totalizando 47 ocorrências durante a operação

2 ABR 2013 - 08h:57Por Redação

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registrou aumento considerável do número de acidentes com mortes durante o feriado prolongado da Semana Santa. Segundo balanço divulgado ontem pela corporação, neste ano foram registradas sete mortes contra apenas uma contabilizada no mesmo período do ano passado. Entretanto, o número de acidentes manteve a média - um a menos em relação a 2012, totalizando 47 ocorrências durante a operação.

Ao todo, 41 pessoas ficaram feridas, o que, de acordo com as notificações realizadas, representa 64% a mais em relação a 2012, quando 25 pessoas foram vitimadas. Neste ano, a PRE utilizou, durante toda a operação, 40 radares e 40 etilômetros para coibir irregularidades, incidências de ultrapassagens proibidas e outras infrações nas rodovias federais de todo o Estado.

A operação também resultou na apreensão de mais de 20 quilos de maconha. A droga estava com um passageiro de ônibus de 30 anos e também no registro de três casos de contrabando. 

Já na noite de sexta-feira, uma picape GM S-10, com placas de Três Lagoas, que havia sido roubada em uma propriedade rural em Inocência, foi recuperada por policiais militares rodoviários de Paranaíba.

PM
No perímetro urbano, a Polícia Militar também intensificou as abordagens durante o feriado prolongado. Segundo informações do 2º Batalhão da PM, o objetivo da operação foi a prevenção de crimes a fim de passar mais segurança para a população.  Ao todo, 327 pessoas foram abordadas pela polícia e 215 veículos tiveram os dados checados em abordagens de rotina e blitzes realizadas. 

Houve também uma abordagem na estrada do rio Sucuriú, entre as ocorrências destacadas pela polícia. Na operação, uma pessoa foi presa em flagrante portando uma arma de fogo em seu veículo. Além disso, a PM apreendeu mais de sete quilos de drogas no fim de semana. 

AMBIENTAL
A Polícia Militar Ambiental (PMA) também divulgou o resultado da Operação que teve início na última quarta-feira e que se encerrou ontem, às 8h. O foco da PMA foi prevenir a pesca predatória, que tende a aumentar devido ao feriado prolongado e à tradição religiosa de consumir peixe na Semana Santa.

Entre os crimes relacionados ao meio ambiente ainda se destaca a pesca predatória. Das 17 autuações, 11 foram por pesca predatória. Uma por descumprir licença ambiental, uma por funcionamento de empresa poluidora sem licença, uma por transporte ilegal de madeira, uma por incêndio de área agropastoril, uma por caça e outra por destruição de Área de Preservação Permanente (APP). 

Foram apreendidas oitenta e nove redes de pesca, somando quase seis quilômetros de extensão, a maioria no rio Paraná. Com 76 quilos de pescados apreendidos, segundo a PMA, essa é a operação em que se apreendeu a menor quantidade de peixes desde 2005. Porém, os policiais retiraram das redes apreendidas nos rios quase 100 quilos de peixes vivos, que já foram soltos. Na operação passada, foram apreendidos 362 quilos. As multas aplicadas nesta operação somam menos de um terço em relação à operação do ano passado e já representam o menor valor desde 2005. Foram R$ 20,7 mil contra R$ 69.740.

 

Resultado da PM:
327 pessoas abordadas;
215 veículos abordados;
02 armas de fogo apreendidas;
02 mandados de prisão cumpridos;
7,5 quilos de maconha apreendidos;
01 veículo recuperado (município de Água Clara);
49 notificações registradas;
10 veículos removidos para o pátio do DETRAN;
03 pessoas presas por dirigirem sob influência de álcool;
06 pessoas não habilitadas autuadas

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13