Rádios On-line

Prefeita entrega projeto que visa a liberação de R$ 84 milhões

Financiamento visa a execução de obras de drenagem e asfalto para resolver alagamentos

1 JUN 2013 - 09h:16Por Divulgação

A administração municipal tenta conseguir R$ 84 milhões do governo federal, através de financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), para investir em obras de drenagem e asfalto em Três Lagoas. Para isso, cumprindo todas as exigências para habilitar o município a participar do PAC 2, a prefeita Márcia Moura (PMDB) entregou na manhã de ontem, a superintendência da Caixa Econômica Federal, o projeto executivo que visa a liberação do recurso.

Na semana passada, a Câmara Municipal aprovou projeto de lei, autorizando o Executivo a contrair esse financiamento junto a Caixa. De acordo com o secretário municipal de Assuntos Governamentais, Walmir Marques Arantes, a administração municipal cumpriu o prazo e todas as exigências estabelecidas pela Caixa, para habilitar-se ao programa.

O secretário informou que devido às finanças do município estar em dia, a Prefeitura de Três Lagoas tem crédito suficiente para a aprovação desse projeto. Essa é a expectativa da prefeita Márcia Moura. Apesar de estar confiante para que isso aconteça, ela pediu também a mobilização da bancada federal sul-mato-grossense para a liberação desse recurso.

“Três Lagoas precisa dos R$ 84 milhões do PAC-2, para urgentes obras de drenagem e asfalto de nossa Cidade. Para tanto, contamos também com o apoio e mobilização dos nossos senadores e deputados federais em Brasília”, disse Márcia Moura.

De acordo com a prefeita, esse recurso é de estrema necessidade, já que visa resolver mais de 70% dos problemas relacionados às inundações que ocorrem com as chuvas em Três Lagoas, a partir da execução de obras de drenagem e asfalto. “Há anos a população vem enfrentando esses problemas. Esperamos solucioná-los com a execução dessas obras”, destacou. 

O projeto visa à execução de obras de drenagem e asfalto em quatro grandes bacias: Paranapungá, Córrego do Onça, Jardim Alvorada e Jardim Imperial. O financiamento que a Prefeitura irá contrair será pagável em 20 anos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13