Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Prefeito afirma que está tranquilo sobre CPI

Guerreiro diz que prefeitura tomou providências e que CPI deve perder efeito

4 JUL 2019 - 13h:00Por Ana Cristina Santos

O prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PSDB), afirma que está tranquilo sobre uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que foi aberta contra ele pela Câmara de Vereadores nesta semana.

A CPI vai investigar possível omissão do prefeito diante de uma denúncia feita por um servidor comissionado que trabalha no aeroporto de Três Lagoas. 

De acordo com a denúncia, o servidor Helmar de Souza Castilho gravou um vídeo dia 18 de junho em defesa do prefeito, alegando que a oposição a Guerreiro ocorre porque ele “colocou ordem na casa”.

Na gravação, o denunciante afirma que a "maioria dos servidores" que não gosta da administração de Guerreiro é formada por pessoas “corruptas, acostumadas a fazer desvio de peças de veículos, combustíveis, a ‘dar o nó’ no dia de serviço, porque antes do ponto eletrônico tinha funcionário que nem ia trabalhar, hoje não...”.

Diante dessa gravação, o vereador Davis Martinelli (Solidariedade), sugeriu a abertura da comissão. O parlamentar conseguiu a assinatura de 13 dos 17 vereadores.

Guerreiro rebateu alegando que a prefeitura não ficou omissa diante da denúncia. E que um processo administrativo foi aberto dia 28 de junho para apurar a denúncia. Ainda segundo o prefeito, em nenhum momento o servidor disse que os fatos citados no vídeo são relativos a sua gestão. Mas, independente disso, disse que cabe a prefeitura investigar.

Ainda de acordo com o prefeito, se o servidor não comprar o que disse, deverá ser exonerado. Guerreiro acredita que a CPI deverá perder efeito, diante das providências tomadas pela prefeitura.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13