Rádios On-line
11586
Daterra

Prefeito de Bataguassu constitui "força tarefa" para contabilizar estragos do temporal

Foram cerca quatro horas de chuva forte que provocaram estragos em pelos menos cinco bairros

30 JAN 2009 - 13h:51Por Redação

O prefeito de Bataguassu, João Carlos Lemes (PT), constitui nesta sexta-feira, dia 30, uma "força tarefa" para contabilizar os estragos provocados pelo temporal que assolou o município na noite de quinta-feira.

Foram cerca quatro horas de chuva forte que provocaram estragos em pelos menos cinco bairros, além de obras que estão em andamento na BR 267 e MS 395.

Um relatório deverá ser apresentado pelos setores de obras, planejamento e meio ambiente ao prefeito.

OS ESTRAGOS

O temporal destruiu ruas nos jardins América I, II e III, Santa Rosa, entre outros. Nesses locais há pontos intransitáveis e que deverão levar cerca de 20 dias para serem concluídos. Segundo o secretário Aparecido Donizete Thomazini em pontos críticos deverão ser utilizados 200 caminhões com terra.

De acordo com uma cooperativa agrícola da cidade, choveu cerca de 100 milímetros na área urbana. Em janeiro do ano passado choveu num único dia de janeiro 120 milímetros.

Ainda no Jardim América 1, a tubulação que vai escoar água de alguns bairros até a rodovia MS 395, rompeu. A obra é de responsabilidade da Construtora CGR que já foi informada do problema.

No Santa Rosa um cano, de responsabilidade da Sanesul, foi arrastado pela enxurrada. Alguns moradores estão sem águas nas torneiras. A estatal já informou que providenciará os reparos.

Segundo o secretário, que vistoriou os locais danificados, a falta de galeria de águas em vários loteamentos e que hoje estão incorporados aos bairros seria um dos gargalos do problema. "Sem galeria e sem pavimentação é impossível escoar o volume de água nesse período chuvoso", justificou.
 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13