Rádios On-line
DENTRO DE CASA

Prefeito manda notificar secretaria por mato alto em prédio

Caso ocorre em meio a notificações coletivas de donos de terrenos sujos

22 JAN 2019 - 16h:33Por Valdecir Cremon

O prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PSDB), ameaçou multar uma secretaria de seu governo, nesta terça-feira, por mato alto no prédio onde funciona um setor de assistência social, no bairro Vila Haro, zona Sul da cidade. A notificação contém ameaça de autuação da pasta em 1% do valor venal do prédio, que pertence à prefeitura. No local funciona o Centro de Referência e Assistência Social (Crase) Coração de Mãe.

Na pratica, seria a prefeitura multando a própria prefeitura. O valor venal é comum a imóveis particulares, contido em carnês do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), imposto que não é cobrado de prédios públicos.

A atitude inédita, contudo, não causou estranheza na secretária municipal de Assistência Social, Vera Helena Arsioli Pinho. "Não. Eu acho que o exemplo deve ser dado, sim! E tem que ser pela prefeitura", disse, em referência a um decreto coletivo de Guerreiro que determina multa no mesmo parâmetro a donos de terrenos sujos.

As aulas a estudantes atendidos na unidade estão previstas para começar dia 11 de fevereiro.

A assessoria de imprensa da prefeitura disse que a notificação foi uma decisão pessoal de Guerreiro "para dar exemplo".

Vera Helena disse que a notificação não representa ameaça ao seu cargo. "Eu falei com o prefeito e expliquei que mandei e-mails para o setor de limpeza de prédios e terrenos públicos, que é uma equipe pequena, e que não está dando conta de limpar todos os terrenos e prédios da prefeitura. E como tem chovido bastante, o mato cresceu rápido", disse.

Veja a matéria 

Deixe seu Comentário