Rádios On-line
BASTIDORES

Prefeito não deverá alterar primeiro escalão

Leia a coluna observatório da edição de sábado (28) do Jornal do Povo

28 DEZ 2019 - 07h:00Por Redação

SIGAM O CHEFE!

O deputado federal Dr. Luiz Ovando está de malas prontas para deixar o PSL. Ele é o líder das ações que estão dando forma ao partido de Jair Bolsonaro, o Aliança pelo Brasil. O partido deve estar homologado até o dia 3 de março e pode lançar candidatos a prefeito e vereador nas eleições do ano que vem. Ovando lamentou a situação do PSL no país e em Mato Grosso do Sul.

DESGASTE

A relação entre o prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD) com o PSDB termina 2019 tensa. O senador Nelsinho Trad declarou esta semana que o prefeito precisa fazer aliança apenas com o povo. A declaração é mais uma evidência de que os tucanos podem, sim, lançar candidatura própria em Campo Grande. O nome de Eduardo Riedel é, hoje, o mais forte do ninho. Riedel é também o nome a ser indicado e apoiado pelo governador para as eleições de 2022. 

SEM MUDANÇAS 

Ao que tudo indica, o prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PSDB), não deverá fazer mudanças no primeiro escalão da administração municipal. Guerreiro aparenta estar satisfeito com o seu secretariado. 

DEVOLUÇÃO

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Aparecido de Moraes, foi dado um prazo  até 31 de dezembro deste ano, para que o empresário Cléber Faria apresente por escrito um documento comunicando a devolução de uma área de 320 mil metros quadrados que foi doada para a instalação de uma fábrica de cervejas em Três Lagoas. O secretário espera que a devolução seja amigável.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13