Rádios On-line
Caminhão de Prêmios Urna Interna
TRêS LAGOAS

Prefeito quer 'pente fino" em apartamentos ocupados irregularmente

Caixa Econômica Federal pode fazer fiscalização em conjuntos habitacionais

18 ABR 2018 - 06h:30Por Da redação

A Caixa Econômica Federal deve realizar um “pente fino” na ocupação dos apartamentos dos conjuntos habitacionais Novo Oeste e Orestinho de Três Lagoas. A fiscalização para verificar ocupações irregulares foi um pedido feito pelo prefeito da cidade, Ângelo Guerreiro (PSDB), que esteve reunido com o gerente operacional da Caixa no Estado, Cláudio Gutierrez Rubbo.

A ocupação de apartamentos por pessoas que não foram contempladas, ou que não precisam, é uma das principais reclamações na cidade em relação a moradia popular .

De acordo com a diretora do Departamento de Habitação, Sônia Góis, os apartamentos são unidades habitacionais construídas, através do Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, adquiridas em condições especiais de financiamento que favoreceram famílias, “previamente e, rigorosamente selecionadas, obedecendo a uma série de critérios e condições pré-estabelecidos pela Caixa”.

De acordo com o prefeito, são várias situações de irregularidades que precisam ser diretamente fiscalizadas pela Caixa. “Não é justo que famílias que não participaram do Programa Minha Casa Minha Vida, por não se adequarem às exigências legais, ocupem irregularmente os apartamentos, tomando o lugar de quem realmente precisa”, observou Guerreiro.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13