Rádios On-line

Prefeitura cria Comitê Municipal de Mobilização contra a Dengue

Diretora e coordenador discutem ações de combate à dengue

7 JUN 2013 - 09h:18Por Arthur Freire/JP

Devido ao alto número de casos notificados de dengue registrado neste ano em Três Lagoas, há a necessidade de uma ação mais eficaz da comunidade no trabalho de conscientização e combate ao mosquito transmissor da doença. Para isso, a administração municipal constituiu o Comitê Municipal de Mobilização contra a Dengue.

O decreto que constitui o comitê, com a relação dos integrantes foi publicado na edição de ontem do Diário Oficial do Munícipio.  O comitê é formado por integrantes da Prefeitura, Polícia Militar Ambiental, Poder Judiciário, Sindicato dos Empregados no Comércio de Três Lagoas, Câmara Municipal, Rotary Club, Lions Club, SINTED, SESI, SEST/SENAT, SESC, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS e 5º Grupamento de Bombeiros.

De acordo com a diretora de Vigilância e Saúde, Neide Yuki, o comitê será um parceiro da administração no combate à dengue. “Os integrantes desse comitê vão nos ajudar, principalmente para sensibilizar a comunidade sobre a importância de cada um em fazer a sua parte no combate à dengue”, frisou Neide.

De janeiro até agora, Três Lagoas já registrou 6.584 casos notificados de dengue. O número é três vezes maior do que o total de casos registrados no ano passado. Esses números indicam que Três Lagoas vive uma epidemia de dengue. Em outra situação preocupante neste ano, houve a introdução do vírus tipo 4 no município. Como esse vírus não circulava na cidade, toda a população está suscetível a esse novo sorotipo.
De acordo com o decreto, a confirmação de casos de dengue do tipo mais resistente ao tratamento convencional foi um dos motivos da criação do comitê. Apesar de o município ter registrado um número alto de casos suspeitos de dengue neste ano, nesta semana houve uma diminuição dos casos notificados em comparação à semana passada. Na semana de número 21, a Secretaria de Saúde havia contabilizado 115 casos suspeitos de dengue, enquanto na de 22 foram registradas 28 notificações.

A tendência, com a chegada do inverno, segundo Neide, é de que haja uma redução nos casos de dengue. Ela destacou que o trabalho realizado pelos agentes de endemias foi de extrema importância para essa diminuição. “Quero agradecer aos agentes de endemias, porque eles realmente vestiram a camisa no combate ao mosquito. Entraram nas casas, vistoriaram os quintais, recolheram muitos materiais que poderiam servir de criadouro para o mosquito da dengue, trabalho que deveria ser feito pelos próprios moradores, mas nossos agentes, preocupados com a dengue, colocaram a mão na massa”, destacou Neide.

A diretora informou que hoje será encerrado o ciclo do fumacê, já que houve uma diminuição nos casos notificados de dengue. “Vamos encerrar o ciclo do fumacê, mas o trabalho com a máquina costal terá continuidade”, salientou.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13