Rádios On-line
11345
Daterra
DEDO LISO

Prefeitura fará operação contra fraudes digitais

Funcionários estariam burlando horários de expediente em órgãos da prefeitura

13 JUL 2019 - 10h:21Por Ana Cristina Santos

A Prefeitura de Três Lagoas vai lançar nos próximos dias uma operação para identificar e punir servidores que estariam indo aos locais de trabalho apenas para “bater o ponto” no sistema de controle digital e saindo sem cumprir a carga horária.

O prefeito Ângelo Guerreiro (PSDB) revelou que o objetivo é exigir o cumprimento da jornada de trabalho de oito horas. “É um desrespeito de uma minoria com a sociedade. Mas, já estamos tomando medidas severas e vamos aplicar punições, porque, como servidores públicos temos de cumprir o horário estabelecido”, destacou.

Guerreiro adiantou que servidores que burlam o sistema estão sendo “rastreados”. “Nem deveria dizer, mas vou alertando que estamos rastreando alguns servidores que batem o ponto mas não ficam no local de trabalho. Por isso, criamos a ‘Operação Dedo Liso’, que será severa. Portanto, aquele que não quer ser punido, que cumpra o seu dever e não lese a população”, disse.

Segundo o prefeito, atitudes assim causam prejuízos não apenas para ao município, mas à sociedade “porque se o servidor é lotado naquele local e naquela carga horária é porque a municipalidade tem necessidade desse colaborador naquele local e horário”, ressaltou.
Atualmente a prefeitura tem cerca de 4,3 mil servidores e o gasto com a folha de pagamento é de aproximadamente R$ 17 milhões por mês.

MÉDICOS 
Guerreiro disse que a medida é válida para todos os servidores, inclusive, médicos que também têm que cumprir carga horária estabelecida em contrato. “Isso é válido até para mim como prefeito. É para todos”, frisou.

Apesar das revelações, Guerreiro preferiu não dar detalhes de como será feita a fiscalização nem citar nomes para não atrapalhar o resultado pretendido.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13