Rádios On-line
11588
Nova Estrela 0603

Prefeitura realiza audiência pública para homologação do Distrito II

A pesquisa realizada por uma empresa contratada pela Prefeitura analisou a área em todos os seus aspectos durante um ano, levando em consideração os pontos positivos e negativos.

27 OUT 2012 - 09h:57Por Redação

A Administração Municipal de Três Lagoas realizou na noite da última quinta-feira (25), no Souvenir Buffet, uma Audiência Pública para homologação da área do Distrito Industrial II.“Este projeto é importante para o desenvolvimento sustentável da região. Seguimos a prerrogativa de corrigir o que está errado para o desenvolvimento de Três Lagoas. E a legislação ambiental preconiza este processo sustentável, então temos que nos adequar. Por isto, o projeto de homologação será baseado em um estudo minucioso da região. Temos que nos adequar para continuar recebendo indústrias sem impactos sociais e ambientais”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico do Município, Marco Garcia.

A pesquisa realizada por uma empresa contratada pela Prefeitura analisou a área em todos os seus aspectos durante um ano, levando em consideração os pontos positivos e negativos.

Para o gerente da Avanti, Nelson Tupy, esta atitude da Administração Municipal é muito importante para o crescimento das empresas instaladas no local. “Não é toda indústria que tem recursos próprios disponíveis. Muitas já cumpriram o projeto de doação de área da Prefeitura, mas não conseguiram a averbação, pois os lotes não possuem matrículas. Estas áreas serviriam de garantia bancária para captar recursos de ampliação, mas sem matrícula não temos como provar que o imóvel pertence à empresa, disse Tupy.

Na ocasião estavam presentes o representante da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (SEMAC), Pedro Mendes; o representante da empresa DMB , responsável pelo estudo da área, Eymard Ferreira; e o técnico do Imasul de Três Lagoas, Rafael Alex Barbosa; e representante da Secretaria Municipal de Meio Ambinte, Cristiane Duarte; e o vereador Tonhão (PMDB).

O DISTRITO

O Distrito Industrial II foi criado em 1997 com a instalação da Mabel na Cidade. Na época não houve a homologação da área, exigência Legal do Imasul (Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) para a preservação ambiental da região.

O Distrito Industrial II está localizado entre a Mabel e a Termoelétrica Luiz Carlos Prestes. Com 473,9031 hectares , o projeto prevê a implantação de 92 lotes.

 Entre as medidas mitigatórias está o monitoramento dos Efluentes das estações de tratamento para cada empreendimento, além do controle dos resíduos gerados e a certificação de licenciamento para as empresas.

 Já entre os impactos positivos analisados está a valorização imobiliária, a geração de empregos diretos e indiretos e a arrecadação de tributos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13