Definir Três Lagoas como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8358
Prefeitura PROREME 16 a 3110
RODOVIA DA MORTE

PRF registra 180 acidentes e 17 mortes na BR-262 neste ano

Acidentes foram registrados no trecho de Três Lagoas a Campo Grande

7 OUT 2017 - 06h:10Por Ana Cristina Santos

De janeiro a setembro deste ano, a Polícia Rodoviária Federal registrou 180 acidentes na BR-262, no trecho entre Três Lagoas e Campo Grande. Desse total, 45 foram considerados graves, e 17 mortes registradas. Os números equivalem a uma media de 20 acidentes por mês.

Somente nos seis primeiros dias de outubro, 21 acidentes foram registrados na rodovia. Dois na tarde de desta sexta-feira (6), com duas mortes. De acordo com a PRF, é considerado acidente grave, aquele que resulta em pelo menos uma pessoa com lesões grave ou em óbito.

O pior trecho da estrada é o que liga a Capital Nacional da Celulose ao município de Água Clara. Os buracos na pista seriam um dos motivos das causas dos dois últimos acidentes registrados na rodovia. A rodovia ficou sem manutenção por quase 60 dias desde que o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) encerrou o contrato com a empresa que executava o serviço.

Nesta quinta-feira (5), porém, a empresa Pavidez de Minas Gerais iniciou o serviço de tapa-buracos na BR-262. A empresa foi vencedora da licitação para a manutenção do pavimento, que se encontra bastante deteriorado e que tem contribuído diretamente para as causas dos acidentes. 

De acordo com o engenheiro regional do Dnit, Milton Rocha Marinho, os serviços foram iniciados nas proximidades do quilômetro 80, na região do Parque do Pombo, onde ocorreram os dois últimos acidentes. Segundo Marinho, a previsão é de que nos próximos 15 dias, os principais buracos da estrada estejam eliminados com o serviço emergencial. A intenção é proporcionar mais segurança e melhores condições de trafegabilidade na rodovia. A empresa, segundo o engenheiro, está iniciando a mobilização dos equipamentos e contratação de funcionários, mas já teria iniciado os trabalhos com duas equipes. “Em curto espaço de tempo vamos ter uma rodovia em boas condições de tráfego”, destacou.

RESTAURAÇÃO
O serviço de manutenção e tapa-buracos é considerado um paliativo, já que o pavimento será melhorado mesmo, com as obras de restauração da rodovia, que vão começar apenas no ano que vem. O Consórcio Ethos/Pavidez/Spazio foi o vencedor da licitação para executar essa obra, orçada em R$ 149,9 milhões.  No entanto, as obras devem ser iniciadas apenas em abril. A empreiteira terá seis meses para entregar o projeto executivo.

A rodovia ganhará 32 quilômetros de terceira faixa, que serão construídos nos trechos mais complexos da rodovia, distribuídos em rampas e curvas. O projeto prevê ainda dispositivos de segurança, como interseções e travessias.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6651