Rádios On-line

PRF registra sete mortes nas rodovias neste ano

Nos quatro primeiros meses do ano, a Polícia Rodoviária Federal registrou cinco acidentes com mortes nas rodovias federais que cortam Três Lagoas

30 ABR 2013 - 09h:12Por Redação

Nos quatro primeiros meses do ano, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou cinco acidentes com mortes nas rodovias federais que cortam Três Lagoas. Ao todo, sete pessoas morreram nos 400 km de estrada que correspondem à área de atuação da Delegacia da PRF. 

Conforme o inspetor Luiz Carlos Gratão, chefe da Delegacia da PRF, o caso mais recente foi registrado no último fim de semana. Por volta das 18h30 de sábado, um homem morreu após ser atropelado na BR-158, que liga Três Lagoas a Brasilândia. O acidente aconteceu no km 279, próximo à “lagoinha”. Ricardo Teodoro, 53 anos, estava a pé quando foi atingido por um veículo ainda não identificado pela polícia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser chamado, mas a vítima morreu na hora. O motorista do veículo fugiu sem prestar socorro. 

O local do acidente foi preservado até a chegada da perícia técnica. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para, depois, ser liberado aos familiares. “As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Civil”, disse.

O inspetor, porém, alerta a população sobre os riscos de transitar, a pé, pelas rodovias. Segundo Gratão, o ideal é que se evite andar por essas vias, mas, caso não seja possível, que o pedestre caminhe sempre no acostamento – o mais afastado da pista possível – e sempre no sentido contrário do fluxo de veículos. “Andando no sentido contrário, ele [pedestre] consegue ver qualquer problema à frente, como, se por ventura, o carro perder o controle ou se houver queda de parte da carga”, lembrou.

Ainda segundo dados da PRF, das sete mortes registradas neste ano nas rodovias federais, quatro foram em Três Lagoas. Duas pessoas foram vítimas de atropelamento - um pedestre e um ciclista -, e outras duas mortes registradas no município foram de motociclistas.

No primeiro trimestre, foram registrados pela PRF o total 137 acidente de trânsito. O índice equivale a uma média de 1,5 acidente por dia. Desse total, 77 foram sem vítimas, 55 com feridos e cinco com mortes. 

A área de cobertura da PRF de Três Lagoas corresponde a BR-158, do município à Pauliceia, e a BR-262, de Três Lagoas a Ribas do Rio Pardo.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13