Rádios On-line

Proprietários de terrenos sujos serão multados

Medida visa contribuir no trabalho de combate a dengue em Três Lagoas

2 FEV 2013 - 08h:32Por Arthur Freire/JP

A Prefeitura de Três Lagoas irá aplicar multa aos proprietários de terrenos baldios infestados pelo mato que não providenciarem as suas respectivas limpezas. De acordo com a prefeita Márcia Moura (PMDB) nos próximos dias está prevista a publicação de um decreto contendo a relação com o nome do proprietário e o endereço do terreno. “Primeiro vamos notificá-los através de publicação na imprensa e dar um prazo para eles providenciarem a limpeza. Caso não cumpram iremos multa-los”, disse a prefeita.

A medida visa intensificar o combate ao mosquito da dengue, já que muitos terrenos estão tomados pelo mato. Muitos acabam virando depósito de lixo, já que algumas pessoas jogam objetos, como garrafa pet, pneus, entre outros, os quais acabam servindo de depósito para o criadouro do mosquito da dengue.
Márcia Moura informou que na próxima semana haverá uma reunião com representantes do Ministério Público Estadual para discutir essa questão da dengue em Três Lagoas. Ela adiantou que, se o proprietário não providenciar a limpeza a Prefeitura vai fazer, mas ele terá que pagar. “A maneira de como será feita essa cobrança é que nós vamos estudar”, disse.

NOTIFICAÇÕES
De acordo com a prefeita, nos últimos anos a administração municipal vem notificando os proprietários e dando um prazo para eles providenciarem a limpeza. “A Prefeitura está fazendo a sua parte, agora a população também precisa colaborar. O cidadão consegue acabar com a dengue e evitar a introdução do vírus quatro em Três Lagoas, mas, para isso, basta que cada um mantenha os seus quintais e terrenos limpos”, disse.

CASOS
Do início do ano, até o dia 29 de janeiro, Três Lagoas contabilizava 196 casos notificados de dengue. Destes, 11 foram confirmados como positivos e 14 negativos. A Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul confirmou ontem três mortes por dengue. Outras oito ainda estão sob investigação.  Até o dia 26 de janeiro, foram 19.956 casos notificados da doença em todo o Estado.
 
Segundo a diretora do Departamento de Vigilância e Saneamento de Três Lagoas, Neide Yuki, em média 15 pessoas têm passado pelos postos de saúde, assim como pelo Pronto Atendimento (PA) com os sintomas da dengue.

Ainda de acordo com a diretora, os agentes de educação e saúde continuam percorrendo os bairros e fazendo o trabalho de rotina, na prevenção e orientação junto aos moradores.

Paralelo a isso, os agentes de endemias também fazem o bloqueio com inseticida no quarteirão da residência em que foi registrado algum caso suspeito de dengue. Isso é para evitar que o mosquito de prolifere para outros bairros. A equipe da Secretaria de Infraestrutura também continua realizando o trabalho de roçada nos terrenos que estão cheios de mato.

Deixe seu Comentário

RCN LIVE EUGENIO MUSSAK

TVC Canal 13