Definir Três Lagoas como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8356
Preve Objetivo
TRÁFICO DE DROGAS

Quase meia tonelada de maconha é apreendida em operação policial na BR-262

Ação das polícias rodoviária federal, militar e civil resultou na prisão de dois homens e apreensão de três carros

9 AGO 2017 - 08h:51Por Tatiane Simon

Uma operação conjunta entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Civil e Militar de Água Clara nesta terça-feira (8) resultou na apreensão de 455 quilos de maconha escondida em um veículo Fiat/Uno Way, placas aparentes NRW-0531, de Três Lagoas. Duas pessoas foram presas tráfico de drogas, associação ao tráfico e adulteração de sinal identificador de veículo automotor e três carros foram apreendidos.

A ação ocorreu na rodovia federal BR-262, na altura do quilômetro 141, em frente à Unidade Operacional da PRF de Água Clara, quando um policial abordou o condutor de um GM/Corsa, placas de Campo Grande, de 52 anos. Ele teria dito respostas contraditórias sobre origem e destino da viagem e deu sinais de nervosismo. Segundo a PRF informou, ele teria relatado que estava vindo para Três Lagoas visitar um médico neurologista no posto de saúde. A polícia passou a suspeitar de que ele estaria realizando o serviço de batedor de alguma carga ilícita.

O mesmo ocorreu minutos depois, quando outro condutor, de 22 anos, foi abordado pela Polícia Militar de Água Clara. Dirigindo um GM/Vectra, placas de São Paulo (SP), o motorista teve a mesma conduta e fez com que a equipe policial desconfiasse que ele também realizaria o serviço de batedor. Ele teria relatado que também seguia para Três Lagoas para visitar uma advogada.

A suspeita foi confirmada quando agentes da PRF em conjunto com uma equipe da Polícia Civil encontraram abandonado dentro da cidade o veículo Fiat/Uno Way, placas aparentes de Três Lagoas, contendo em seu interior, quase meia tonelada de maconha. Ao realizar a identificação veicular do Fiat/Uno, foi constatado que a placa de identificação estava adulterada, sendo a original de Santo André (SP), que correspondia a um automóvel com restrição judicial. O conjunto de placas originais estava dentro do automóvel, juntamente com outro par de placas (de Dourados).

Após constatação de que os motoristas do Vectra e do Corsa estavam realizando serviço de batedor para o condutor do Uno, foi dada voz de prisão a ambos pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Eles foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Água Clara, assim como os veículos, a droga e o seus pertences. O entorpecente apreendido tem o valor estimado para venda no atacado em São Paulo de R$550 mil.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6651