Rádios On-line
8 DE MARÇO

Quase quatro mulheres são agredidas por dia em Três Lagoas

Nos dois primeiros meses deste ano, 234 boletins de ocorrência de violência doméstica foram registrados na Deam

8 MAR 2018 - 07h:15Por Ana Cristina Santos

Nos dois primeiros meses deste ano, a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Três Lagoas registrou 234 boletins de ocorrências de violência doméstica na cidade. Em todo o ano passado, 1.310. São quase quatro casos de violência doméstica registrados diariamente em Três Lagoas.

 De acordo com a delegada Letícia Mobis, essa tem sido a média de casos de violência doméstica registrada em Três Lagoas. O que chama atenção neste início de ano, segundo a delegada, é a gravidade dos crimes. Dois casos de feminicídio com quatro mortes. Os homens mataram as mulheres e depois cometeram o suicídio.

A maioria dos casos de agressão, segundo ela, é motivada pelo fim do relacionamento, ou quando a mulher consegue ter independência financeira, e saí do “domínio do homem”. Ainda de acordo com a responsável pela Deam, quando existe uma dependência financeira dificilmente rompe o ciclo da violência, principalmente quando a mulher tem filhos.

Por esse motivo, a Casa do Trabalhador e a Secretaria de Assistência Social vão desenvolver um projeto na cidade para tentar inserir as mulheres vítimas de violência no mercado de trabalho.

Letícia Mobis defende, inclusive, um sistema de monitoramento, o “botão do pânico”- que a mulher aciona quando o agressor está por perto.

Deixe seu Comentário