Rádios On-line
EQUIPAMENTO

Raios queimam 14 semáforos e sensor de monitoramento deverá ser instalado

Novo equipamento foi indicado pelo Inpe e deverá ser adquirido por meio de parceria com a Prefeitura de Três Lagoas

9 MAR 2018 - 11h:03Por Kelly Martins

Os raios que caíram em Três Lagoas, durante os temporais, neste ano, danificaram 14 semáforos instalados em rua e avenidas. Foram mais de 7 mil descargas elétricas registradas entre os meses de janeiro e fevereiro, de acordo com dados meteorológicos. Para monitorar a incidência e até mesmo prevenir acidentes, um sensor de raios deverá ser instalado no município. 

O pesquisador Kleber Pinheiro Naccarato, que é um dos integrantes do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe),  ressaltou que a cidade está posicionada em um local geograficamente estratégico para monitoramento dos raios. “A região de Três Lagoas é a que recebe maior número de descargas elétricas no Brasil. O monitoramento a partir do município permitirá maior precisão em aplicativos de monitoramentos climáticos”.

A parceria para o equipamento é entre a prefeitura e o Inpe, sendo que  consiste na cessão de espaço físico para instalação do equipamento, bem como fornecimento de ponto de energia e sinal de internet. Ainda segundo o pesquisador, o monitoramento é importante para prevenção de incidentes e acidentes. “Esse controle é favorável para a segurança na aviação, nas telecomunicações e cuidados com equipamentos eletrônicos”, explicou.

Um aplicativo de celular está sendo desenvolvido pelo Inpe e contará com as informações geradas em Três Lagoas por meio do sensor. Além do futuro "app", atualmente o "Weatherbug" conta com dados de sensores semelhantes ao que será instalado no município.

“Por ser um aplicativo em inglês, os brasileiros têm certa dificuldade para acessar os dados. Além da disposição de informações referentes à queda de raios, os aplicativos fornecem, em tempo real, informações precisas de meteorologia”, comenta Naccarato.

Deixe seu Comentário