Rádios On-line
8991

Reforma do presídio feminino sem previsão de início

Enquanto isso, as internas do regime semi-aberto vão continuar disputando espaço em uma casa alugada

21 JAN 2009 - 06h:00Por Redação

Internas do estabelecimento penal feminino de Três Lagoas, que foram transferidas no dia 14 de novembro do ano passado para outras unidades penais do Estado, podem demorar para retornar para o presídio local. Isto, porque a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) não tem nem notícia de quando as obras de reforma (objeto da remoção das presas) deverão começar.
A última informação, no site do governo do Estado, sobre a questão é do dia 17 de novembro de 2008, informando que a Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) um aviso de lançamento de licitação, para a reforma do Estabelecimento Penal Feminino de Três Lagoas.
Enquanto isso, as internas do regime semi-aberto vão continuar disputando espaço em uma casa alugada na periferia da Cidade, já que também ocupavam o presídio feminino, desativado pelo governo estadual.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13