Rádios On-line
ESCRITURA

Regularização fundiária vai atingir imóveis de toda a cidade

Trabalho de regularização começou pelo Vila Piloto, mas vai atingir outros bairros de Três Lagoas

5 FEV 2018 - 15h:37Por Ana Cristina Santos

Três Lagoas está entre as sete cidades do Mato Grosso do Sul a integrar o programa Papel Passado do Ministério das Cidades, que visa à regularização fundiária de imóveis populares doados às famílias.

O processo de regularização fundiária começou pelos imóveis localizados no bairro Vila Piloto. No entanto, segundo a diretora do Departamento de Habitação , Sônia Góis, a intenção da administração municipal é regularizar imóveis de vários bairros que não têm escritura.

Existem imóveis em vários bairros da cidade sem a regularização fundiária, como Nossa Senhora Aparecida, por exemplo, bairro antigo da cidade. “Esse é um trabalho que está começando, e que vai atingir a cidade toda. Essa é a nossa intenção e a do prefeito. Futuramente vamos trabalhar com a Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul), que é responsável por algumas casas”, adiantou.

Ainda de acordo com a diretora, inicialmente o trabalho é realizado em parceria com o Cartório de Registro de Imóveis, principalmente em relação às casas do bairro Vila Piloto. Técnicos do cartório, segundo Sônia ajudaram no levantamento.

  VILA PILOTO

Ao todo, 300 imóveis localizados no bairro devem ser regularizados. Dos 183 lotes da primeira etapa de visitas, 57 ainda não foram cadastrados. Por esse motivo, a diretora pede a colaboração dos moradores para conclusão das entrevistas, necessárias para a regularização.

Segundo a diretora, moradores estão se negando a receber as equipes, acreditando que podem ser multados ou perder as casas, o que não vai acontecer segundo Sônia.

A diretora informou que esse processo é necessário para que futuramente os moradores recebam a escritura dos imóveis.

Moradores que não têm a documentação não conseguem vender ou financiar imóvel nessa situação.

Deixe seu Comentário