Rádios On-line

Residencial Novo Oeste será concluído em fevereiro

As obras dos 1.224 apartamentos do Residencial Novo Oeste estão em construção no Jardim Carandá

10 DEZ 2012 - 08h:09Por Redação

 As obras dos 1.224 apartamentos do Residencial Novo Oeste, em construção no Jardim Carandá, em Três Lagoas, só serão concluídas no final de fevereiro. Apesar de a Prefeitura ter divulgado que alguns apartamentos poderiam ser entregues em dezembro deste ano, a empresa alega que, mesmo com alguns blocos de prédios prontos, isso não pode ocorrer, já que existem regras e critérios a serem cumpridos, conforme estabelece o programa da Caixa Econômica Federal.

De acordo com informações da empresa, as obras estão em estágio bem avançado. A reportagem do Jornal do Povo esteve no local e verificou que já existem vários blocos de prédios concluídos, inclusive com o acabamento e pintura. A ordem de serviço para a construção do empreendimento foi assinada em dezembro de 2011. Em outubro deste ano, a Prefeitura entregou uma lista com o nome dos 1.600 selecionados para a Caixa Econômica Federal.

Na ocasião, foi informado que logo após o período eleitoral a Caixa iria divulgar o nome dos selecionados. Entretanto, segundo o diretor do Departamento de Habitação, Salvador Vanderlei de Souza, ainda está em análise o cadastro dessas famílias, como a renda, a quantidade de filhos, entre outras questões, conforme estabelecem as regras do programa “Minha Casa, Minha Vida” do governo federal. A definição das famílias a serem beneficiadas, segundo Salvador, ocorrerá somente no próximo ano. Se houver a necessidade, ele informou que haverá sorteio.

EMPREENDIMENTO
Cada prédio em construção no Jardim Carandá é composto por oito apartamentos. Eles têm dois quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e ocupam 43,40 metros quadrados. O beneficiado pagará 10% da renda familiar, durante o período de 10 anos.

O empreendimento, construído pela Incorporadora Brookfield, foi orçado em R$ 59,255 milhões. As unidades habitacionais fazem parte do programa federal “Minha Casa, Minha Vida II”. A contrapartida do governo estadual será de R$ 1,191 milhão, através da Sanesul, que executará as obras de saneamento básico. A Prefeitura investirá em obras de asfalto e iluminação pública.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Getúlio Neves da Costa Dias, a Prefeitura vai autorizar, nos próximos dias, a abertura do processo de licitação para as obras de drenagem e pavimentação asfáltica na rua de acesso ao conjunto habitacional. O valor da obra foi orçado em R$ 600 mil.

Nas imediações do local, está em construção um sistema de capitação de água “piscinão” para armazenar as águas das chuvas, a fim de evitar que ela escoe de uma única vez em direção à Lagoa Maior. A água do sistema de capitação será escoada aos poucos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13