Rádios On-line
PERIGOSO

Retirada de jacarés da Lagoa Maior divide opiniões

Promotor ingressou com ação na Justiça para exigir a retirada de jacarés da espécie papo amarelo da Lagoa Maior

7 FEV 2016 - 13h:46Por Ana Cristina Santos

O Ministério Público Estadual, através do promotor de Justiça, Antônio Carlos de Oliveira, ingressou na última sexta-feira, com uma ação civil pública com pedido de liminar, na Justiça, para exigir a retirada de jacarés da espécie papo amarelo da Lagoa Maior, em Três Lagoas.

Para o promotor, há riscos para os animais e pessoas no local. “O jacaré pode ser morto, como já fizeram anteriormente com uma cobra sucuri e capivaras, e existe o risco de as pessoas serem atacadas”, justificou Antônio Carlos.

Algumas pessoas que frequentam a lagoa, no entanto, discordam em retirar os animais do local. José Paulo Mello entende que a lagoa é o habitat dos jacarés. “Lá é o lugar deles, e o ser humano que vai invadir o lugar deles. Temos que cuidar, pois lá [lagoa] é o nosso zoológico natural. É só respeitar o lugar deles, que não fazem mal. É mais fácil lidar com três capivaras do que com três pessoas”, comentou na Fanpage do Jornal do Povo.

Paulo Junqueira de Souza questionou: “O Ministério Público não tem o que fazer não?”. Mirella Vinedas disse que é só o homem respeitar o limite dos animais. Já Lurdes Cardoso Sanches disse: “Engraçado, o homem que invade o espaço dos animais, um idiota que puxa o rabo do Jacaré, o cachorro que estava onde não deveria e uma mãe irresponsável que tira foto de uma criança perto do Jacaré, e os animais que tem que sair? Me poupe vai!”, comentou.

Roberta Fernandes, por sua vez, disse que concordo com a retirada do animal. “Tem pessoas que não têm noção, aí quando acontece algo, vai quere matar o jacaré. Não é só adulto que frequenta o local, mas crianças que são inocentes também”, declarou.

 

 

Deixe seu Comentário